Especialização e diversificação produtiva

um modelo de painel espacial para a indústria extrativa mineral em Minas Gerais, 2000-2010

Autores

Resumo

A Indústria Extrativa é um dos pilares da economia de Minas Gerais. Este setor, nos anos 2000, dobrou sua participação no valor adicionado estadual, contribuindo com 6,9% do PIB em 2010. No entanto, os efeitos locais dessa atividade sobre o desenvolvimento regional são ambíguos e pouco estudos. Para contribuir ao entendimento da mineração ao nível local este artigo busca analisar os efeitos líquidos da mineração sobre a complexificação da estrutura produtiva municipal dos maiores mineradores do estado. Para tanto, foi utilizado um conjunto de indicadores de economia regional e urbana, bem como a modelagem de painel espacial. As evidências empíricas indicam que durante a década de 2000 houve perda relativa dos diferenciais regionais de especialização e concentração produtiva nos setores Indústria de Alta e Média Intensidade em P&D, Serviços produtivos Tradicionais e Serviços Produtivos Modernos. 

Downloads

Publicado

2019-06-16

Como Citar

NAHAS, M. M.; SIMÕES, R.; GOLGHER, A. B.; RIBEIRO, L. C. de S. Especialização e diversificação produtiva: um modelo de painel espacial para a indústria extrativa mineral em Minas Gerais, 2000-2010. Nova Economia, [S. l.], v. 29, n. 1, p. 7-40, 2019. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/novaeconomia/article/view/3244. Acesso em: 23 nov. 2020.

Edição

Seção

Números Regulares