Reconhecimento, Mensuração e Evidenciação de Operações de Remunerações em Opções de Ações de Companhias Abertas Listadas nos Segmentos Especiais de Governança Corporativa pela BM&FBOVESPA.

Autores

  • Jorge Katsumi Niyama UnB - Universidade de Brasília
  • Edmilson Soares Campos UnB - Universidade de Brasília
  • Ronaldo Lima Gonçalves UnB - Universidade de Brasília
  • Gisele Pontes da Silva Campos UnB - Universidade de Brasilia

Palavras-chave:

Plano de Remuneração em opções de ações. Governança Corporativa. Companhias Abertas. Transparência.

Resumo

Nas últimas décadas, observou-se o crescimento de planos de remunerações variáveis aos funcionários, do quais se destacam os planos de incentivos baseados em opções de ações. Todavia, a aplicação do disposto nas normas contábeis ainda suscita discussões em virtude das dificuldades de implementação pelas empresas. O presente estudo pretende verificar se as companhias abertas brasileiras reconhecem como despesas, mensuram a valor justo (fair value) e evidenciam as informações de concessão de ações e opções de ações a funcionários em suas demonstrações financeiras conforme diretrizes contidas no CPC 10. A metodologia consiste nos métodos exploratórios e descritivos, e os procedimentos são associados às pesquisas bibliográficas, documentais e nas demonstrações financeiras das empresas. A amostra é formada pelas empresas pertencentes aos segmentos especiais de Governança Corporativa listada pela BM&FBOVESPA, as quais se utilizam desses planos de incentivos. Verificou-se com a elaboração deste trabalho que as empresas reconhecem como despesa as transações envolvendo remunerações em opções de ações a funcionários, em conformidade com o CPC 10. Todavia, constatou-se uma falta de uniformidade quanto à evidenciação das informações desses planos pelas empresas, além de uma insuficiência de informações quanto aos critérios e variáveis necessários para o cálculo do valor justo.

Biografia do Autor

Jorge Katsumi Niyama, UnB - Universidade de Brasília

Jorge Katsumi Niyama Possui graduação em Ciênciais Contábeis pela Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (1974), mestrado em Controladoria e Contabilidade pela Universidade de São Paulo (1982) e doutorado em Controladoria e Contabilidade pela Universidade de São Paulo (1990) e pós-doutorado pela University of Otago (2005). Atualmente é professor titular da Universidade de Brasília e membro da diretoria executiva da ANPCONT - Associação Nacional de Programas de Pós-Graduação em Contabilidade. Tem experiência na área de Ciências Contábeis. Atua principalmente nos seguintes temas: evidenciação contábil, Contabilidade Internacional, Contabilidade de Instituições Financeiras, Teoria da Contabilidade e Derivativos.

Edmilson Soares Campos, UnB - Universidade de Brasília

Mestre em Contabilidade (2008) e especialista em controladoria (2004) pela Universidade de Brasília. Graduado em Ciências Contábeis pela Universidade Católica de Goiás (2002). Atualmente atua como professor da Universidade de Brasília. Tem experiência na área de Contabilidade e Administração, com ênfase em Controladoria e Custos.

Ronaldo Lima Gonçalves, UnB - Universidade de Brasília

Graduado em Ciência Contábeis pela UnB - Universidade de Brasília - DF

Gisele Pontes da Silva Campos, UnB - Universidade de Brasilia

Graduada em Biologia pela PUC - GO e Licenciada em Pedagogia pela PUc - GO

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2013-04-26

Como Citar

NIYAMA, J. K.; CAMPOS, E. S.; GONÇALVES, R. L.; CAMPOS, G. P. da S. Reconhecimento, Mensuração e Evidenciação de Operações de Remunerações em Opções de Ações de Companhias Abertas Listadas nos Segmentos Especiais de Governança Corporativa pela BM&FBOVESPA. Contabilidade Vista & Revista, [S. l.], v. 23, n. 3, p. 49-72, 2013. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/contabilidadevistaerevista/article/view/1516. Acesso em: 7 jul. 2022.