Mundanças nos Hábitos e Rotinas da Contabilidade Gerencial nas Empresas de Governança Corporativa em Santa Catarina

Roberto Carlos Klann, Reinaldo de Lima Júnior, Ilse Maria Beuren

Resumo


    O objetivo do artigo é analisar as mudanças nos hábitos e rotinas da contabilidade gerencial em decorrência de alterações ocorridas nos últimos cinco anos nos processos, tecnologia da informação e controles de gestão, nas empresas de Santa Catarina classificadas nos níveis 1 e 2 de governança corporativa. Ametodologia empregada consiste de estudo exploratório, realizado por meio de um estudo multi-casos, com questionário enviado às empresas selecionadas, em que se procurou identificar as principais mudanças nos hábitos e rotinas da contabilidade gerencial, em virtude de alterações organizacionais ocorridas. Os resultados da pesquisa mostram que as alterações organizacionais geram mudanças nos hábitos e rotinas da contabilidade gerencial. Conclui-se que essas mudanças são mais acentuadas em empresas cuja cultura organizacional é mais receptiva aos processos de alterações, e menos perceptíveis em empresas com cultura organizacional mais conservadora.


Palavras-chave


Hábitos e Rotinas, Contabilidade Gerencial; Empresas de Governança Corporativa

Texto completo:

PDF