Percepções do Corpo Diretivo de uma Multinacional Oriental quanto à Implementação dos Requisitos da Lei Sarbanes-Oxley

Autores

  • Ivam Ricardo Peleias
  • José Carlos Penha
  • João Bosco Segreti
  • Anísio Candido Pereira

Palavras-chave:

Governança Corporativa, Gerenciamento de Risco, Auditoria Interna, Sarbanes-Oxley Act of 2002, Controle Interno.

Resumo

Este artigo estuda o posicionamento dos diretores e gerentes da subsidiária de uma multinacional oriental instalada no Brasil, sobre a futura implementação dos requisitos da Lei Sarbanes-Oxley, na referida empresa. São apresentados os principais pontos da Lei e os seus impactos no Brasil e no exterior. Foi usado o método do estudo de caso como estratégia de pesquisa, e aplicado um questionário a todos os diretores e gerentes da empresa. Os dados foram tratados pela Estatística Descritiva, conjugada com a Análise Discriminante. Obteve-se a percepção de como os diretores e gerentes da empresa agirão frente à necessidade de implementação dos requisitos da Lei Sarbanes-Oxley. A pesquisa revelou que os diretores e gerentes estão conscientes das deficiências dos atuais sistemas de controle interno, governança corporativa e gestão de riscos, e da necessidade de investimentos para o atendimento às exigências da Lei. Verificou-se que as regras de controle interno e governança corporativa não são cumpridas por todos os empregados. Foi detectada a existência de um apetite para riscos, porém a cultura de gestão de riscos ainda é incipiente. Os resultados obtidos permitiram oferecer à empresa recomendações para um melhor controle interno e gerenciamento de riscos.

Downloads

Publicado

2010-03-25

Como Citar

PELEIAS, I. R.; PENHA, J. C.; SEGRETI, J. B.; PEREIRA, A. C. Percepções do Corpo Diretivo de uma Multinacional Oriental quanto à Implementação dos Requisitos da Lei Sarbanes-Oxley. Contabilidade Vista & Revista, [S. l.], v. 21, n. 1, p. 15-40, 2010. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/contabilidadevistaerevista/article/view/814. Acesso em: 29 nov. 2021.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)