A Correlação entre a Remuneração dos Executivos e o Desempenho de Empresas Brasileiras do Setor Financeiro

Autores

  • Francisco Carlos Fernandes Escola Paulista de Política, Economia e Negócios - EPPEN Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP
  • Sady Mazzioni FURB - Universidade Regional de Blumenau

Palavras-chave:

Setor Financeiro, Desempenho organizacional, Remuneração de executivos.

Resumo

O presente artigo tem como objetivo principal investigar a existência de correlação entre as medidas de desempenho em empresas financeiras brasileiras de capital aberto e a remuneração dos seus executivos, assim considerados os membros do Conselho de Administração, da Diretoria Executiva e do Conselho Fiscal. As características do estudo permitem qualificá-lo como pesquisa descritiva, de natureza quantitativa e com fonte de dados documental. As informações contábeis e de mercado foram coletadas na base de dados Economática® e aquelas relativas à remuneração dos executivos, correspondentes aos anos de 2009, 2010 e 2011, no sítio eletrônico da CVM. Considerando uma amostra de 41 empresas listadas na BMF&BOVESPA para a Diretoria Executiva, 38 empresas para o Conselho de Administração e 22 empresas para o Conselho Fiscal, o estudo utiliza o retorno sobre o ativo, o retorno sobre o patrimônio líquido, o lucro por ação e os dividendos por ação como indicadores de desempenho contábil; e o retorno acionário, o índice de valor de mercado e o Q de Tobin como indicadores de mercado. Amostras também foram analisadas com base nas informações conjuntas dos organismos de gestão e para as empresas do subsetor de Intermediários Financeiros. As análises das diversas correlações canônicas apontaram resultados mistos, que não permitem uma indicação consistente sobre a existência de correlação significativa entre a remuneração total dos executivos e o desempenho das empresas investigadas. Contudo, as amostras envolvendo empresas que utilizam a remuneração variável tendem a apresentar correlações positivamente significativas com as variáveis de desempenho utilizadas.

Biografia do Autor

Francisco Carlos Fernandes, Escola Paulista de Política, Economia e Negócios - EPPEN Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP

Doutor em Controladoria e Contabilidade pela FEA/USP.

Professor da Escola Paulista de Política, Economia e Negócios

Sady Mazzioni, FURB - Universidade Regional de Blumenau

Doutorando em Ciências Contábeis e Administração da Universidade Regional de Blumenau – FURB
Bolsista do Programa do Fundo de Apoio à Manutenção e ao Desenvolvimento da Educação Superior - FUMDES

Downloads

Publicado

2015-08-24

Como Citar

FERNANDES, F. C.; MAZZIONI, S. A Correlação entre a Remuneração dos Executivos e o Desempenho de Empresas Brasileiras do Setor Financeiro. Contabilidade Vista & Revista, [S. l.], v. 26, n. 2, p. 41-64, 2015. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/contabilidadevistaerevista/article/view/2343. Acesso em: 27 out. 2021.