Decomposição estrutural do emprego por grau de instrução: uma análise de insumo-produto para o período pós-abertura (1990 a 2005)

Autores

  • Fernando Salgueiro Perobelli FACULDADE DE ECONOMIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA
  • Suzana Quinet de Andrade Bastos FACULDADE DE ECONOMIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA
  • Marcilio Zanelli Pereira FACULDADE ECONOMIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CAMPUS GOVERNADOR VALADARES

Palavras-chave:

mercado de trabalho, capital humano, insumo-produto

Resumo

O trabalho analisa a distribuição do nível de escolaridade dos trabalhadores formais em termos setoriais para a economia brasileira no período entre 1990 a 2005. A fim de alcançar esse objetivo, a população economicamente ativa foi dividida em cinco grupos de escolaridade e utilizou-se o método de insumo-produto para calcular os multiplicadores de emprego. Com a decomposição estrutural do emprego, observou-se que a demanda final foi a grande geradora de emprego em quase todos os níveis educacionais. Por outro lado, o fator trabalho foi o principal responsável pela queda de emprego. Isso mostra que a abertura econômica produziu aumento de produtividade, uma vez que o acréscimo do número de empregos foi menor que a elevação do produto. Entretanto, essa redução foi mais elevada para os trabalhadores com menor escolaridade.

Biografia do Autor

Fernando Salgueiro Perobelli, FACULDADE DE ECONOMIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA

Doutor em Economia - FEA/USP

Prof. Associdado Departamento de Economia FE/PPGEA/UFJF

Bolsista de Produtividade CNPq.

 

Suzana Quinet de Andrade Bastos, FACULDADE DE ECONOMIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA

Profa. Associdada Departamento de Economia FE/PPGEA/UFJF

Marcilio Zanelli Pereira, FACULDADE ECONOMIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CAMPUS GOVERNADOR VALADARES

Mestre em Economia PPGEA/FE/UFJF

Doutorando em Economia PPGEA/FE/UFJF

Prof. Departamento de Economia UFJF - Campus Governador Valadares

Downloads

Publicado

2017-03-27

Como Citar

PEROBELLI, F. S.; BASTOS, S. Q. de A.; ZANELLI PEREIRA, M. Decomposição estrutural do emprego por grau de instrução: uma análise de insumo-produto para o período pós-abertura (1990 a 2005). Nova Economia, [S. l.], v. 26, n. 3, 2017. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/novaeconomia/article/view/2403. Acesso em: 29 nov. 2020.

Edição

Seção

Números Regulares

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)