Pressões Institucionais e Adoção do Balanced Scorecard: o Caso de uma Organização do Setor Elétrico do Sul do Brasil

Autores

  • Veronica Eberle Universidade Positivo
  • Romualdo Douglas Colauto Universidade Federal do Paraná

Palavras-chave:

Contabilidade Gerencial

Resumo

Diante da concorrência, as organizações são levadas a adotar posturas agressivas aliadas à necessidade de ágil e eficiente processo de gerenciamento e tomada de decisões a fim de melhorar o desempenho e aumentar as vantagens competitivas, onde ferramentas gerenciais são adotadas para subsidiar gestores no processo de tomada de decisão. Neste contexto, o Balanced Scorecard (BSC) é visto como uma ferramenta de avaliação do desempenho empresarial que extrapola aos indicadores contábeis e financeiros e ajuda a melhorar a gestão e o acompanhamento dos resultados da organização, uma vez que tem como foco o planejamento estratégico e o desempenho. O presente estudo se propõe a descrever de que forma as pressões ambientais de caráter técnico e institucional influenciaram o processo de adoção do BSC em uma organização do setor elétrico da região sul do Brasil. Metodologicamente este estudo é classificado como descritivo, qualitativo, transversal quanto à sua dimensão temporal, e tem como estratégia de pesquisa o método do estudo de caso. Observou-se que a adoção do BSC se deu em resposta a um conturbado cenário no qual a organização estava inserida, o que demonstra a influência do ambiente sobre as decisões da organização paralelamente ao fato de ter sido observado um ‘modismo gerencial’ no Brasil quanto à utilização do BSC, explicado pelo fato de estruturas organizacionais formais se desenvolverem diante de um contexto altamente institucionalizado.

Biografia do Autor

Veronica Eberle, Universidade Positivo

Doutoranda em Administração pela Universidade Positivo. Mestre em Contabilidade e Especialista em Contabilidade e Finanças pela Universidade Federal do Paraná.

Endereço: Rua Pedro Viriato Parigot de Souza, 4554 – Mossunguê – CEP 81280-330, Curitiba/PR.

Fone: (55 41) 9677-7111.

E-mail: veronica.eberle@gmail.com

Romualdo Douglas Colauto, Universidade Federal do Paraná

Pós-Doutor em Contabilidade e Controladoria pela FEA/USP. Doutor e Mestre em Engenharia de Produção (UFSC). Bolsista de Produtividade e Pesquisa 2 CNPq. Coordenador do Programa de Pós-graduação em Contabilidade da UFPR. Professor do Departamento de Ciências Contábeis da Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas.

Endereço: Av. Prefeito Lothário Meissner, 632 - Jardim Botânico - CEP: 80210-070, Curitiba/PR.

Fone: (55 41) 3360-4411.

E-mail: rdcolauto.ufpr@gmail.com

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2015-05-11

Como Citar

EBERLE, V.; COLAUTO, R. D. Pressões Institucionais e Adoção do Balanced Scorecard: o Caso de uma Organização do Setor Elétrico do Sul do Brasil. Contabilidade Vista & Revista, [S. l.], v. 25, n. 3, p. 95-120, 2015. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/contabilidadevistaerevista/article/view/2481. Acesso em: 27 nov. 2020.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>