The university and metropolitan planning: an innovative experience

  • Roberto Luis de Melo Monte-Mór Professor do Cedeplar/FaCE, UFMG
  • Geraldo Magela Costa Professor do Instituto de Geociências, UFMG
  • Heloisa Soares de Moura Costa Professora do Instituto de Geociências, UFMG
  • Marcos Gustavo Pires de Melo Doutorando em Economia, Cedeplar/FaCE, UFMG

Resumo

A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) vem conduzindo uma experiência de planejamento metropolitano em Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil, desde 2009, envolvendo um número signifi cativo de professores e alunos. Neste artigo, chamamos a atenção para alguns aspectos inovadores desse amplo processo de planejamento. Ressaltamos as especificidades do processo de planejamento conduzido no âmbito da universidade, em uma tentativa de superar fronteiras disciplinares e acadêmicas. Assim, enfatizamos a dimensão participativa desse processo de planejamento no qual a equipe da UFMG se engajou junto com a sociedade civil. Também descrevemos as propostas que colocam a preocupação ambiental no centro da reestruturação metropolitana e os esforços para materializá-las através da Trama Verde e Azul (TVA). Finalmente, discutimos nosso entendimento do planejamento como processo político situado para além das práticas institucionais, como uma tentativa de garantir voz e visibilidade a diferentes modos de ver e produzir o espaço social metropolitano.

Publicado
2017-11-22
Seção
Número Especial