Comércio exterior brasileiro de acordo com a intensidade tecnológica dos setores industriais: notas sobre as décadas de 1990 e 2000

Autores

  • Tulio Chiarini INT/MCTI
  • Ana Lucia Gonçalves da Silva IE/UNICAMP

Palavras-chave:

comércio internacional, transferência internacional de tecnologia, aptidão tecnológica, desenvolvimento econômico, Brasil

Resumo

A qualidade da inserção de um país no comércio exterior é uma forma indireta de avaliar o grau de dependência tecnológica de seus setores industriais e de qualificar a possibilidade de efetiva transferência de tecnologia via importações. Com base em duas premissas, busca-se analisar o comércio exterior brasileiro de acordo com a intensidade tecnológica dos setores industriais. A primeira é que a importação de tecnologia pode auxiliar a rápida modernização da nação importadora e igualmente serve como indicador da inaptidão tecnológica. Já a segunda é que a exportação de tecnologia pode indicar a aptidão tecnológica dessa nação. Com os dados brasileiros, verifica-se que, de 1996 a 2010, houve saldo negativo de comércio de produtos da indústria de “alta intensidade tecnológica”, ou seja, o Brasil é “devedor de produtos com elevada densidade tecnológica”. Contrariamente, o país apresentou, no mesmo período, saldo positivo no comércio de produtos da indústria de “baixo conteúdo tecnológico”.

Biografia do Autor

Tulio Chiarini, INT/MCTI

Bacharel em Ciências Econômicas pela UFMG, mestre em Economia do Desenvolvimento pela UFRGS, mestre em Administração da Inovação pela Scuola Superiore Sant’Anna, Doutor em Teoria Econômica pela UNICAMP.  Analista em Ciência e Tecnologia do INT/MC. tulio.chiarini@int.gov.br

Ana Lucia Gonçalves da Silva, IE/UNICAMP

Bacharel em Ciências Econômicas pela UFF, mestre e doutora em Economia pela UNICAMP. Professora do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Econômico, Espaço e Meio Ambiente do Instituto de Economia da UNICAMP. Pesquisadora do Núcleo de Economia Industrial e da Tecnologia (NEIT) da UNICAMP. neitp@eco.unicamp.br

Downloads

Publicado

2017-03-27

Como Citar

CHIARINI, T.; GONÇALVES DA SILVA, A. L. Comércio exterior brasileiro de acordo com a intensidade tecnológica dos setores industriais: notas sobre as décadas de 1990 e 2000. Nova Economia, [S. l.], v. 26, n. 3, 2017. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/novaeconomia/article/view/2535. Acesso em: 29 nov. 2020.

Edição

Seção

Números Regulares