O diferencial de desempenho escolar entre escolas públicas e privadas no Brasil

Autores

  • André Guerra Esteves de Moraes FEA-RP USP
  • Walter Belluzzo Júnior FEA-RP USP

Palavras-chave:

regressão quantílica, decomposição contrafactual, desempenho escolar, efeito de tratamento quantílico

Resumo

O estudo do diferencial de desempenho escolar entre escolas públicas e rivadas é importante para a elaboração de políticas para melhoria da qualidade da educação. Este artigo apresenta uma análise desse diferencial no Brasil, aplicando uma metodologia de decomposição por quantis da distribuição condicional de notas. Os resultados indicam que o diferencial é favorável às escolas privadas em todos os quantis da distribuição, chegando a 1,5 erro padrão em torno do 60o percentil. Além disso, a análise contrafactual sugere que o desempenho das escolas privadas é relativamente pior na cauda inferior da distribuição de notas, uma vez que o desempenho contrafactual dos alunos mais fracos seria inferior ao das escolas públicas.

Downloads

Publicado

2014-09-29

Como Citar

ESTEVES DE MORAES, A. G.; BELLUZZO JÚNIOR, W. O diferencial de desempenho escolar entre escolas públicas e privadas no Brasil. Nova Economia, [S. l.], v. 24, n. 2, 2014. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/novaeconomia/article/view/1564. Acesso em: 26 nov. 2020.

Edição

Seção

Números Regulares