Economia de Minas e economia da mineração em Celso Furtado

Autores

  • Mauricio C. Coutinho

Palavras-chave:

Celso Furtado, economia da mineração, Minas Gerais

Resumo

O artigo tem por objetivo contribuir para o entendimento do modelo de abstração da história econômica brasileira de Celso Furtado, por meio da análise do ciclo da mineração. O ciclo da mineração ocorrido em Minas Gerais no século XVIII é posto em contraste com os dois outros ciclos induzidos por demanda externa – o ciclo açucareiro e o do café –, assim como confrontado com o modelo geral de economia mineradora, presente nos estudos sobre a América hispânica. Entendemos que por meio destes contrastes podem-se entender as notórias lacunas a respeito do desenvolvimento do escravismo em Minas Gerais no século XIX, presentes em Formação Econômica do Brasil e, em especial, divisar os principais elementos da teoria econômica subjacente aos modelos de abstração histórica de Furtado.

Downloads

Publicado

2011-01-26

Como Citar

COUTINHO, M. C. Economia de Minas e economia da mineração em Celso Furtado. Nova Economia, [S. l.], v. 18, n. 3, 2011. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/novaeconomia/article/view/1031. Acesso em: 24 nov. 2020.

Edição

Seção

Números Regulares