A Docência e o Desempenho dos Alunos dos Cursos de Graduação em Contabilidade no Brasil

Autores

  • Cássia Vanessa Olak Alves Cruz
  • Luiz João Corrar
  • Valmor Slomski

Palavras-chave:

Desempenho Educacional, Docência, Testes Não Paramétricos

Resumo

   Ações que visem a melhoria do processo de ensino-aprendizagem poderão ser adequadamente implementadas, à medida que se conheçam os fatores que influenciam a performance educacional dos estudantes. Assim, este estudo tem por objetivo comparar o desempenho de alunos dos cursos de graduação em Ciências Contábeis no Brasil levandose em consideração determinados aspectos da docência e recursos físicos educacionais; de modo a verificar o possível impacto destes fatores sobre o desempenho dos discentes. O desenvolvimento da pesquisa se deu através de investigação empírica, sendo examinada a performance de 22.694 alunos de graduação em Ciências Contábeis no Exame Nacional de Cursos – Provão do ano de 2002. No processo de análise dos dados foram utilizados os testes de Kruskal-Wallis e de Mann-Whitney. Constatou-se, pelos resultados, que os professores tiveram influência no desempenho dos seus educandos, sob três aspectos: domínio atualizado das disciplinas ministradas, técnicas de ensino empregadas e recursos didáticos utilizados. Além disso, o acesso a microcomputadores também impactou a performance dos discentes, no entanto, o mesmo não aconteceu em relação às condições físicas da biblioteca para estudo. Assim, espera-se que o desenho de políticas cujo alvo seja a melhoria do ensino superior em Contabilidade leve em consideração esses fatores que, dentre outros, influenciam o desempenho dos alunos

Downloads

Publicado

2009-05-14

Como Citar

CRUZ, C. V. O. A.; CORRAR, L. J.; SLOMSKI, V. A Docência e o Desempenho dos Alunos dos Cursos de Graduação em Contabilidade no Brasil. Contabilidade Vista & Revista, [S. l.], v. 19, n. 4, p. 15-37, 2009. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/contabilidadevistaerevista/article/view/366. Acesso em: 20 jan. 2022.