O papel do capital humano no processo de mudança estrutural

Autores

Resumo

O objetivo deste artigo é verificar se o capital humano é um determinante importante da mudança estrutural nos diferentes setores da economia e se este pode acelerar a velocidade dessa transformação. Este artigo contribui com a literatura ao desenvolver um teste empírico do modelo proposto por Li et al. (2019) e ao utilizar a metodologia GMM. O artigo também utiliza duas proxies para capital humano (anos médios de escolaridade e o índice Penn World Table) e mudança estrutural (participação do emprego e do valor adicionado), a fim de verificar se elas afetam ou não a variável de interesse. Os resultados encontrados mostraram que o capital humano tem um papel essencial no processo de transformação estrutural da economia, uma vez que afeta a participação relativa dos setores no valor agregado total ou no emprego total. Além disso, o capital humano provou-se ser um potencial acelerador dessa transformação estrutural.

Downloads

Publicado

2023-12-26

Como Citar

PINTO, M. A. N.; TEBALDI, E.; CUNHA, M. S. da. O papel do capital humano no processo de mudança estrutural. Nova Economia, [S. l.], v. 33, n. 3, p. 0689–0717, 2023. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/novaeconomia/article/view/7791. Acesso em: 2 mar. 2024.

Edição

Seção

Números Regulares