China e o impacto inicial da revolução industrial: condições iniciais e trajetória posterior de baixo crescimento até 1949

Autores

Resumo

Resumo

Este artigo discute a especificidade do impacto inicial da Revolução Industrial britânica sobre a China. Essa especificidade é importante para entender a natureza do desenvolvimento capitalista inicial naquela região, moldado por processos não-intencionais e intencionais desencadeados pelos contatos entre o Reino Unido e a China. Essas condições iniciais contribuem para uma trajetória seguida posteriormente pela economia chinesa. Nesse sentido, este artigo investiga as origens de uma armadilha específica enfrentada pela China - uma trajetória de baixo crescimento entre a segunda metade do século XIX e 1950.

Palavras-chave: China, revolução industrial, natureza da economia chinesa, armadilha do crescimento baixo

Códigos JEL: O30

Biografia do Autor

Hugo Eduardo da Gama Cerqueira, Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, MG, Brasil.

Professor do Departamento de Ciências Econômicas da FACE-UFMG

Downloads

Publicado

2021-03-29

Como Citar

CERQUEIRA, H. E. da G.; ALBUQUERQUE, E. da M. e. China e o impacto inicial da revolução industrial: condições iniciais e trajetória posterior de baixo crescimento até 1949. Nova Economia, [S. l.], v. 30, n. Especial, p. 1169-1198, 2021. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/novaeconomia/article/view/6193. Acesso em: 27 jul. 2021.