Envelhecimento populacional e probabilidade de poupar: uma análise do ciclo de vida do caso brasileiro

Autores

Palavras-chave:

Savings, Life Cycle, Brazil, HBS

Resumo

Este estudo analisa a poupança no ciclo de vida das pessoas no Brasil, refletindo sobre como a proporção de poupadores muda com o envelhecimento da população. Para tanto, utilizamos um modelo logit multinomial para comparar a probabilidade de poupança e não poupança para os indivíduos, de acordo com a idade, com base nos dados das Pesquisas de Orçamentos Familiares (POF) de 2002-2003 e 2008-2009. Os resultados confirmam uma maior incidência de poupadores entre os adultos de meia-idade e um maior percentual de não poupadores entre os idosos. No entanto, dada a estrutura etária da população brasileira, a mudança demográfica ainda deve resultar em um aumento líquido no número de poupadores nos próximos anos.

Biografia do Autor

Pedro Tonon Zuanazzi, Departamento de Economia e Estatística, Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão do Rio Grande do Sul

Doutro em Economia pela PUCRS-RS

Downloads

Publicado

2021-02-03

Como Citar

ZUANAZZI, P. T.; FOCHEZATTO, A. Envelhecimento populacional e probabilidade de poupar: uma análise do ciclo de vida do caso brasileiro. Nova Economia, [S. l.], v. 30, n. 3, p. 951-968, 2021. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/novaeconomia/article/view/4915. Acesso em: 19 out. 2021.

Edição

Seção

Números Regulares