Impactos econômicos da ampliação do uso de energia solar residencial em Minas Gerais

Resumo

Este artigo analisa os impactos econômicos de uma ampliação do uso de energia solar pelas famílias mineiras através do modelo de Equilíbrio Geral Computável (EGC) denominado Imagem-MG. Em contraste com outros trabalhos que utilizam essa metodologia para analisar questões energéticas, o presente trabalho se propôs a analisar os impactos distributivos da utilização de energia renovável para autoconsumo. Foi utilizado um conjunto de 10 famílias representativas, o que tornou possível comparar as mudanças no padrão de consumo entre diferentes classes de rendimentos. Realizaram-se análises de viabilidade técnica e econômica a fim de determinar as condições para adoção de energia solar, através de dois cenários distintos: adoção de painéis fotovoltaicos para geração distribuída de eletricidade e adoção de sistemas de aquecimento de água residencial. Os resultados mostram que a adoção de painéis fotovoltaicos gera impactos setoriais distintos da adoção de aquecedores solares devido à composição do consumo das famílias que utilizam cada tecnologia.

Palavras-chave energia solar; equilíbrio geral computável; painéis fotovoltaicos; aquecedores solares

Biografia do Autor

Micaele Martins de Carvalho, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil.

Doutoranda em Economia no Cedeplar-UFMG, bolsista PGPSE-Capes, integrante do Núcleo de Pesquisa em Modelagem Econômica e Ambiental (NEMEA) e do grupo de pesquisa do Cedeplar-UFMG.

Edson Paulo Domingues, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil.

Pesquisador do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científi co e Tecnológico (CNPq), coordenador da sub-rede de Economia da Rede Clima.

Aline Souza Magalhães, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil.

Professora Adjunta do Departamento de Ciências Econômicas da FACE-UFMG. Pesquisadora do Cedeplar-UFMG, vice-coordenadora do NEMEA, integrante da sub-rede de Economia da Rede Clima.

Publicado
2019-10-11
Como Citar
CARVALHO, M. M. DE; DOMINGUES, E. P.; MAGALHÃES, A. S. Impactos econômicos da ampliação do uso de energia solar residencial em Minas Gerais. Nova Economia, v. 29, n. 2, p. 459-485, 11 out. 2019.
Seção
Números Regulares