S. A. Fábrica Votorantim e o setor têxtil paulista (1918-1939) os caminhos que levaram o grupo da falência à liderança industrial

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Gustavo Pereira da Silva
Armando João Dalla Costa

Resumo

A compreensão dos grupos econômicos brasileiros apresenta uma lacuna, sobretudo, no entendimento de como esses grupos se formaram na primeira metade do século XX. O Grupo Votorantim, oitavo maior grupo brasileiro em 2007, surgiu no final do século XIX, mas ganhou sua definição empresarial em 1918, quando foi adquirido pelo empresário Antonio Pereira Ignácio. Nas décadas de 1920 e 1930, o principal empreendimento da Sociedade Anônima Fábrica Votorantim (SAFV) era a fábrica têxtil, localizada em Sorocaba (SP), próxima dos outros empreendimentos do grupo (ferrovia, cal e cimento, venda de terrenos, usina hidrelétrica). Analisando fontes primárias da SAFV (balanços patrimoniais, demonstrações de lucros e perdas, relatórios de diretoria) e os levantamentos sobre a indústria paulista, evidenciamos sua evolução ao posto de principal empresa têxtil paulista na década de 1930, progresso apoiado em três fatores: sua constituição como um grupo econômico, sua administração familiar e suas ligações com o setor financeiro paulista.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Seção
Artigos
Biografia do Autor

Gustavo Pereira da Silva, Departamento de Economia da Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Graduado em História (Unesp/Franca-SP), mestre e doutor em História Econômica pelo Instituto de Economia da UNICAMP