As primeiras preocupações com a periferia do sistema capitalista nas teses do imperialismo de Kautsky e Bukharin

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Vinícius Vieira Pereira

Resumo

A partir das contribuições de Karl Kautsky e Nikolai Bukharin, datadas das primeiras décadas do século XX, bem como de toda herança que guardam das ideias originárias de Marx, o artigo analisa como esses dois teóricos interpretaram os efeitos do processo histórico de expansão mundial das relações burguesas de produção sobre as regiões ainda não capitalistas do globo, as mesmas que, posteriormente, passariam a ser tratadas sob o amplo conceito de periferia. Diante de um cenário de autêntico imperialismo capitalista, buscar-se-á resgatar as impressões e preocupações que levaram ambos os autores à percepção ideal de um processo real de polarização da economia mundial em um centro, desenvolvido e rico, e em uma periferia, pobre e retardatária, argumento que dominaria as discussões desenvolvimentistas algumas décadas depois.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Seção
Artigos
Biografia do Autor

Vinícius Vieira Pereira, UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO

Economia Política, História Econômica e Desenvolvimento Econômico