A aprendizagem organizacional e suas bases econômicas

Autores

  • Wilson Aparecido Costa de Amorim
  • André Luiz Fischer

Palavras-chave:

aprendizagem organizacional, economia baseada em conhecimento, competências organizacionais

Resumo

Este artigo objetiva apresentar os nexos teóri­cos que, a partir da Economia, justifiquem a importância do estudo do fenômeno da apren­dizagem organizacional, mais tipicamente abordado no campo da Administração. Em um primeiro momento, são discutidas as ca­racterísticas das economias baseadas em conhe­cimento e suas exigências em termos de apren­dizado e desenvolvimento de competências organizacionais. Em um segundo momento, valendo­-se das limitações dos pressupostos ne­oclássicos em relação à organização, é abordada a importância da noção de estratégia. A seguir, são apresentadas algumas das origens do con­ceito de competências na teoria da firma base­ada em recursos e seus desdobramentos para os estudos sobre estratégia e competências. No próximo passo, são destacados os elementos conceituais referentes ao campo da aprendiza­gem organizacional. Finalmente, em um cami­nho de volta, identificam­-se ligações existentes entre a vida organizacional e a abordagem eco­nômica, principalmente nos aspectos que rela­cionam o conhecimento e a aprendizagem or­ganizacionais ao desenvolvimento econômico.

Downloads

Publicado

2013-11-14

Como Citar

AMORIM, W. A. C. de; FISCHER, A. L. A aprendizagem organizacional e suas bases econômicas. Nova Economia, [S. l.], v. 23, n. 2, 2013. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/novaeconomia/article/view/2186. Acesso em: 27 out. 2020.

Edição

Seção

Números Regulares