A construção do conceito de incerteza: uma comparação das contribuições de Knight, Keynes, Shackle e Davidson

Autores

  • Rogerio P. de Andrade IE/UNICAMP

Palavras-chave:

incerteza, Knight, Keynes, Shackle, Davidson.

Resumo

O objetivo deste artigo é discutir o conceito de incerteza através da reconstituição das formas como o mesmo aparece nas versões de Knight, Keynes, Shackle e Davidson. O artigo procura se concentrar nas peculiaridades de cada uma destas abordagens da noção de incerteza. É indubitável que as teorias da incerteza destes autores apresentam paralelismo e afinidades significativas. Ainda que estes vários tratamentos comunguem de uma ênfase na diferença conceitual entre risco (probabilístico) e incerteza, assim como no aspecto da não mensurabilidade, suas abordagens e realces na conceituação da incerteza são distintos. Diante disso, o artigo compara e contrasta estas análises, concentrando-se nos aspectos que lhe são únicos e singulares. Foi a partir da visão “clássica” de incerteza de Knight, Keynes, Shackle e Davidson que se pode construir a hoje já consolidada visão “moderna” do “princípio da incerteza”, irreversivelmente enraizada em boa parte do pensamento econômico heterodoxo.

Downloads

Publicado

2012-01-17

Como Citar

ANDRADE, R. P. de. A construção do conceito de incerteza: uma comparação das contribuições de Knight, Keynes, Shackle e Davidson. Nova Economia, [S. l.], v. 21, n. 2, 2012. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/novaeconomia/article/view/1479. Acesso em: 29 nov. 2020.

Edição

Seção

Números Regulares

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)