Processos de aprendizagem de empresas inovadoras em aglomerações produtivas: uma análise exploratória dos dados da Pintec para Santa Catarina

Autores

  • Pablo Felipe Bittencourt
  • Renato Ramos Campos

Palavras-chave:

processos de aprendizagem, sistemas locais de inovação, indústria de Santa Catarina

Resumo

Na literatura neo-schumpeteriana atual que ressalta o processo de inovação como um fenômeno sistêmico destaque-se uma linha de pesquisa que enfatiza a proximidade geográfica como indutora de processos de aprendizagem virtuosos, capazes de impulsionar a competitividade da firmas, em particular, de suas estratégias tecnológicas. O ambiente local é "aproveitado" pela firma individual conforme suas competências acumuladas e suas estratégias atuais de aprendizado. Nesse artigo, utilizamos uma tabulação especial regionalizada dos dados da Pesquisa brasileira de Inovação Tecnológica (PINTEC, II) para inferir sobre os processos locais de aprendizagem de firmas inovadoras inseridas em 9 (nove) aglomerações produtivas do estado de Santa Catarina. Os resultados apontam a localização como um componente central aos processos de aprendizagem mais virtuosos.

Downloads

Publicado

2011-01-26

Como Citar

BITTENCOURT, P. F.; CAMPOS, R. R. Processos de aprendizagem de empresas inovadoras em aglomerações produtivas: uma análise exploratória dos dados da Pintec para Santa Catarina. Nova Economia, [S. l.], v. 18, n. 3, 2011. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/novaeconomia/article/view/1034. Acesso em: 24 nov. 2020.

Edição

Seção

Números Regulares

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)