MARKETING DE SERVIÇOS E SUAS CONTRIBUIÇÕES EM UNIDADES DE INFORMAÇÃO

uma revisão de literatura

Autores

Palavras-chave:

Ciência da informação, Marketing, Marketing de Serviços, Unidades de Informação

Resumo

Diante das significativas mudanças trazidas pelos avanços tecnológicos, o conhecimento sobre Marketing de Serviços surge como fator para a melhoria do atendimento às necessidades dos usuários da informação e a adaptação às exigências dos “novos tempos”. Dessa forma, tem-se como objetivo identificar de que forma o Marketing de serviços pode contribuir para a qualidade dos serviços prestados em Unidades de Informação. Para tal, tem-se como objetivo específico apresentar os 8 P´s do Marketing de Serviços, preço, produto, praça e promoção, processos, paisagem de serviço, pessoas e produtividade, como diretrizes de melhoria. Esta pesquisa tem abordagem qualitativa e constitui-se como uma Revisão de Literatura, a partir de um protocolo de pesquisa em busca de estudos que contribuam para a discussão dos objetivos delineados, primando pelo rigor e replicabilidade metodológica. A busca por estudos se deu por meio de pesquisa no Portal de Periódicos da Capes resultando inicialmente em quarenta e sete artigos, que, após a aplicação dos filtros, leitura dos títulos e resumos, assim como leitura na íntegra restou em seis artigos que foram organizados em tabela e sintetizados em uma discussão com autores basilares do Marketing de Serviços. Concluiu-se que o Marketing de Serviço apresenta estratégias que podem contribuir para a melhoria dos serviços oferecidos pelas Unidades de Informação, norteadas pelas dimensões de produto, praça, preço, promoção, paisagem de serviço, processos, pessoas e produtividade em atendimento às necessidades de seus usuários. Agradecemos à Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais pelo financiamento à pesquisadora bolsista em nível de Mestrado.

Biografia do Autor

Andréa Fraga Dias Campos, Universidade Federal de Minas Gerais

Mestranda no Programa de Pós-graduação em Gestão e Organização do Conhecimento da Universidade Federal de Minas Gerais. Bolsista da "Fundação de Amparo à Pesquisa" (FAPEMIG).

 

Marlusa de Sevilha Gosling, Universidade Federal de Minas Gerais

Doutora em Administração pela Universidade Federal de Minas Gerais. Professora Associada de Marketing da Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenadora do Núcleo de Estudos e Estratégias em Comunicação Integrada de Marketing e Turismo  (NEECIM-TUR) e Coordenadora da Pós-Graduação Lato Sensu do CEPEAD/FACE/UFMG.

Iury Teixeira de Sevilha Gosling, Universidade Federal de Lavras

Doutor em Administração pela Universidade Federal de Lavras. Docente do curso de Turismo do IFRR.

Referências

Amaral, S.A.; Guimarães, T.P. (2002). Sites of Brazilian university libraries: study of the functions performed. Repository (FEBAB). Available at: <http://repositorio.febab.org.br/items/show/4136>. Accessed on: Nov. 30, 2021.

Amaral, S.A.; Guimarães, TP (2008). Information unit websites as communication tools with their own audiences. Bibli Meetings: Electronic Journal of Librarianship and Information Science, v. 13, no. 26, p. 147-161, 2008. https://doi.org/10.5007/1518-2924.2008v13n26p147. Accessed on: Nov. 30, 2021.

Batista, S.G.; Costa, M.M.; Viana Neta, M.A.V. Marketing to promote information products and services: a case study from the Presidency of the Republic library. Digital Journal of Library and Information Science. Campinas, v.6, n. 2, p. 83-104, 2009.

Bax, M.P. Web libraries and vice versa. Perspectives in Information Science, Belo Horizonte, v.3, n.1, p. 5-20, 1998. Available at: <http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci/article/viewFile/14/375>. Accessed on: Jul 1, 2021.

Bragança, F.F.C., Zaccaria, R.B., Giuliani, A.C., & Pitomba, T.C.D. de T. (2016). Marketing, Creativity, and Innovation in Information Units. Revista Brasileira de Marketing, 15(2), 237–245. https://doi.org/10.5585/remark.v15i2.3277

Cossich, M. (2014). The role of quality and marketing in the referral service. BIBLOS, 28(2), 27–36. https://www.seer.furg.br/biblos/article/view/4248

Cook, C. The Importance of LibQUAL+TM: a survey for the Association of Research Libraries and Texas A&M University, 2005.

Damasceno, A.C., & Mesquita, J.M.C. de. (2014). Determining attributes of low library use: Study in a federal public education institution. Perspectives on Information Science, 19, 149–169. https://doi.org/10.1590/S1413-99362014000100010

DoityTeam. (2018, September 19). Understand what Qualis Capes is and how it is possible to consult it. Doity. https://doity.com.br/blog/o-que-e-qualis-capes/

Drech, A., Lacerda, D.P.; Antunes Júnior, J.A.V. Design Science Research: research method for the advancement of science and technology. Bookman Publisher, 2015.

Would make. P.M. Systematic Literature Review: contribution to a new investigative paradigm. Methodology and Procedures in the field of Educational Sciences. Practical application to the themes of professional teacher development and educational innovation with digital technologies. 2nd ed. Whitebooks: Santo Tirso, Portugal, 2019.

Ferreira, J.G. de S., & Guerra, M.A.M.A. (2018). Management and marketing in an information unit: Information professional skills. Agenda Information, 3(1), 81–96. https://doi.org/10.32810/2525-3468.ip.v3i1.2018.32436

Frochot, I., & Hughes, H. (2000). HISTOQUAL: The development of a historic houses assessment scale. Tourism Management, 21(2), 157–167. https://www.cabdirect.org/cabdirect/abstract/20001808183

Jorge, G.A.; Miyake, D. I. Comparative Study of Tools for Mapping the activities performed by consumers in service processes. Production, v.26, n.3, p.590–613, 2015. https://doi.org/10.1590/0103-6513.128413

Kotler, P. Marketing for Non-Profit Organizations. São Paulo: Atlas, 1978.

Kotler, P.T. et al. Principles of Marketing. Eight European Edition Published 2020 (Print and Electronic) Ed. Hoboken: Pearson Education Limited, 2020.

Lancaster, FW Evaluation of library services. Brasília: Briquet de Lemos, 1996.

Libqual. History of LibQual. 2012. Available at:<http://www.libqual.org/about/about_lq/history_lq>. Accessed on: July 2, 2021.

Lovelock, C; Wirtz, J.; Hemzo, Ma. Services Marketing: people, technology, and strategy. Sonia Midori Yamamoto [Translation]. 7. ed. São Paulo: Pearson, 2012.

Mattos, B. Prof. P. de C. (2015). Types of Literature Review. University of Agricultural Sciences (UNESP). Botucatu Fields.

Gomes, M.A., & Dumont, L.M.M. (2018). Websites in university libraries as tools for training information skills. RDBCI: Digital Journal of Librarianship and Information Science, 16(2), 522–542. https://doi.org/10.20396/rdbci.v16i2.8650816

Parasuraman, A; Zeithaml, V.A; Berry, L.L. Servqual: a multiple-item scale for measuring consumer perceptions of service quality. Journal of Retailing, New York, v.64, n.1, p.12-40, 1988.

Sucupira Platform. (2021). Sucupira Platform. https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/veiculoPublicacaoQualis/listaConsultaGeralPeriodicos.jsf

Santos, J.F.dos, & Lubisco, N.M.L. (2018). The development of marketing and its approach to Information Science paradigms. RDBCI: Digital Journal of Librarianship and Information Science, 16(2), 380–396. https://doi.org/10.20396/rdbci.v16i2.8649765

Sampson, S.E. Visualizing Service Operations. Journal of Service Research, v.15, Issue 2, p.182–198, 2012. Katherine Lemon. https://doi.org/10.1177/1094670511435541.

Szende, P.; Dalton, A. Service Blueprinting: Shifting from a Storyboard to a Scorecard. Journal of Foodservice Business Research, v.18, n.3, p. 207–225, 2015. https://doi.org/10.1080/15378020.2015.1051429

Ottoni, HM Marketing bases for information units. Information Science, Brasilia, v. 25, no. 2, p. 171-176, 1996.

Wirtz, J.; Hemzo, Ma; Lovelock, C. Service Marketing: People, Technology, and Strategy. 8. ed. São Paulo: Pearson, 2021.

Downloads

Publicado

2022-06-01

Como Citar

Fraga Dias Campos, A., de Sevilha Gosling, M., & Teixeira de Sevilha Gosling, I. . (2022). MARKETING DE SERVIÇOS E SUAS CONTRIBUIÇÕES EM UNIDADES DE INFORMAÇÃO: uma revisão de literatura. Marketing & Tourism Review, 7(1). Recuperado de https://revistas.face.ufmg.br/index.php/mtr/article/view/7375

Edição

Seção

Artigos