Revenue Management: Estudo comparativo em hotéis de Florianópolis-SC

Autores

  • Gabriel Arruda Bianchini Instituto Federal de Santa Catarina
  • Tiago Savi Mondo Instituto Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.29149/mtr.v5i1.6254

Palavras-chave:

revenue management, hotelaria, gestão de receitas, Florianópolis

Resumo

A competitividade do setor hoteleiro vem crescendo diariamente. Com o surgimento das práticas de Revenue Management, a maioria dos hotéis vem implantando essa ciência e utilizando suas técnicas para otimizar e aumentar sua receita. Este artigo objetivou analisar como é feita a operação de Revenue Management em três hotéis executivos da região central de Florianópolis (SC); verificando as semelhanças e diferenças entre um hotel independente, um pertencente a uma rede hoteleira nacional e outro de uma rede internacional. A metodologia utilizada foi uma pesquisa aplicada e a lógica filosófica seguida foi o método dedutivo. Quanto aos objetivos, a pesquisa possuí o caráter exploratório e descritivo. A amostra foi definida de maneira não-probabilística por julgamento. Foi realizada uma pesquisa bibliográfica sobre o assunto e uma entrevista semiestruturada de acordo com as teorias estudas. A análise dos dados foi feita de maneira qualitativa, por meio de análise de conteúdo. Pode-se destacar que as principais semelhanças encontradas entre os hotéis foram: formação acadêmica dos entrevistados, práticas para realizar a previsão da demanda, utilização de tarifas flutuantes, canais de distribuição e Online Travel Agencies (OTA’s) mais utilizadas. Já algumas diferenças expressivas foram: a quanto tempo os hotéis utilizam RM, quantidade de níveis nas grades tarifárias e o tempo de antecedência que é feita a estratégia das tarifas do próximo ano.

 

Referências

Abrate, G., & Viglia, G. (2016). Strategic and tactical price decisions in hotel revenue management. Tourism Management, 55, 123-132.
Boaria, F., & dos Anjos, S. J. G. (2014). Revenue Management a Gestão de Receitas na hotelaria em Foz do Iguaçu–PR. Turismo-Visão e Ação, 16(1), 92-114.
Caldas, R., & Flores, M. (2007) Estudos da competitividade do turismo brasileiro.
Centurión, L. (2015). Princípios e práticas de Revenue Management: gerenciamento de demanda, de receita e de distribuição. São Paulo: SENAC São Paulo.
Cobra, M. (2009). Administração de marketing no Brasil. Elsevier Brasil.
Cooper, C., Fletcher, J., Fyall, A., Gilbert, D., & Wanhill, S. (2000). Turismo: princípios e prática. Bookman.
Gil, A. C. (1987). O questionário. Conceituação. Vantagens e limitações do questionário. ______. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo, Atlas, 124-132.
Gil, A. C. (2008). Métodos e técnicas de pesquisa social;(6a edição), São Paulo. Editora Atlas.
Gomes, J., & (2013). Como Aumentar as Receitas de um Negócio: O Conceito de Gestão de Receitas (Revenue Management).
Hilsdorf, C. (2011). A diferença entre preço e valor, Disponível em: <http://www.administradores.com.br/artigos/marketing/a-diferenca-entre-preco-e-valor/55728/> Acesso em: 20 de Junho de 2018.
Kimes, S. E. (2011). The future of hotel revenue management. Journal of Revenue and Pricing Management, 10(1), 62-72.
Kotler, P., & Keller, K. L. (2006). Administração de marketing–a bíblia do marketing, 12ª edição.
Lamb Jr, C., & Hair Jr, J. (2004). Princípios de marketing. São Paulo: Pioneira Thomson Learning.
Luz, B. S., dos Santos, D. C. T., & da Silva, A. F. (2017). GESTÃO HOTELEIRA. Revista Vianna Sapiens, 8(2), 25-25.
Morais, L. D. (2002). Yield management nos hotéis do Rio de Janeiro: levantamento e análise. 2002 (Doctoral dissertation, Dissertação (Mestrado) Departamento de Engenharia Industrial, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro/RJ).
Otto, G. (2010). A força dos hotéis independentes, 2010. Disponível em: <https://hoteliernews.com.br/noticias/artigo-a-forca-dos-hoteis-independentes-17244>Acesso em: 11 de Setembro de 2018.
Pereira, L. N. (2016). An introduction to helpful forecasting methods for hotel revenue management. International Journal of Hospitality Management, 58, 13-23.
Pimentel, V., Aizezikali, A., & Baker, T. (2019). Hotel revenue management: Benefits of simultaneous overbooking and allocation problem formulation in price optimization. Computers & Industrial Engineering, 137, 106073.
Sparemberger, A., & Zamberlan, L. (2008). Marketing estratégico.
Stoessel, E. (2015) 8 Steps to Improving Demand Forecasts. Disponível em: <https://www.duettocloud.com/library/8-steps-to-improving-demand-forecasts>. Acesso em: 24 ago. 2018.

Downloads

Publicado

2020-06-10

Como Citar

Arruda Bianchini, G., & Savi Mondo, T. (2020). Revenue Management: Estudo comparativo em hotéis de Florianópolis-SC. Marketing & Tourism Review, 5(1). https://doi.org/10.29149/mtr.v5i1.6254

Edição

Seção

Artigos