Oportunidades e desafios do turismo de interior para o desenvolvimento local: O caso do concelho da Sertã, Portugal

  • Margarete Casquinha Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Coimbra
  • Andreia Filipa Antunes Moura
Palavras-chave: Turismo de Interior; Turismo Sustentável; Desenvolvimento Local

Resumo

O sucesso de um destino só será alcançável, garantindo a harmonização da natureza com o Homem e sustentando a melhoria da qualidade de vida das populações, no presente e para o futuro. É sob esta premissa que surge a inquietação de compreender a influência do turismo no desenvolvimento local de destinos de interior, especificamente no Concelho da Sertã. Deste modo, realizou-se um estudo empírico dirigido aos operadores turísticos locais e responsáveis do poder local, através de uma metodologia qualitativa assente na aplicação de entrevistas semiestruturadas e complementada pela observação direta, por meio da realização de um estágio curricular. Os resultados apurados revelaram que se colocam vários desafios ao turismo de interior tendo em vista o desenvolvimento da Sertã, tais como os fogos florestais, o despovoamento, a sazonalidade ou a fraca promoção turística, bem como diversas oportunidades, como a abundância de recursos naturais, o aumento de circulação da Estrada Nacional 2 ou a criatividade. Em conclusão, verificou-se que o turismo é um motor de desenvolvimento estratégico do concelho, registando-se importantes implicações teóricas e práticas para o futuro.

Referências

Amaro, R. (2004). Desenvolvimento – Um conceito ultrapassado ou em renovação? – Da teoria à prática e da prática à teoria, Cadernos de estudos Africanos. 4, 35 –70
Bell, J. (1993). Como realizar um projeto de investigação. Lisboa: Gradiva.
Baptista, A. (1985). Mobilização do potencial endógeno de desenvolvimento, Revista de Investigação Urbana e Regional. 2 (4), 24-26
Câmara Municipal da Sertã. (2018, março 19). PEMS: Plano estratégico municipal da Sertã 2015 - relatório final. Retrieved from http://cm-serta.pt/images/Camara_Municipal/PEMS_Relatorio-final.pdf
Carvalho, N. (2009). Desenvolvimento Local Sustentável - A Agenda 21 Local como instrumento de política privilegiado para a sua implementação. Barlia. 5, 79-94
Cunha L. & Abrantes A. (2013). Introdução ao Turismo. Lisboa: LIDEL. ISBN: 978-972-757-951-8
Figueira, V. & Dias, R. (2011). A Responsabilidade social no turismo. Lisboa: Escolar Editora
Kastenholz, Eusébio & Figueiredo. (2014). Reinventar o turismo em Portugal. Aveiro: UA editora. ISBN:978-972-789-395-9
Madeira, N. (2010). Marketing e comercialização de produtos e destinos. Porto: Principia Editora
Matias, A. & Sardinha, R. (2008). Avanços em economia e gestão do turismo – Novas tendências, sustentabilidade e desenvolvimento regional. Lisboa: Instituto Piaget
Melo, A. (1998). Ditos e reditos em torno do desenvolvimento local in a rede para o desenvolvimento local. IN LOCO. 5-8.
Morais, C. (2013). Investigação: Do problema aos resultados. Bragança: Instituto Politécnico de Bragança. DOI: 10.13140/RG.2.1.2846.9927.
Pimentel, T. & Pimentel, M. (2015). Rural, ruralidade e turismo: Noções e práticas contemporâneas. El Periplo Sustentable, 29, 120-143
Quivy, R., & Campenhoudt, L. (1998). Manual de investigação em ciências sociais. (2 ed.). Lisboa: Gradiva
Reis, P. (2012). Desenvolvimento local: O binómio turismo/áreas rurais nas estratégias de desenvolvimento local. Exedra, 6, 155-172
Ribeiro, M. (2001). Oportunidades empresariais no sector do turismo em regiões do interior de Portugal. Gestão e Desenvolvimento, 10, (3), 319-332
Rita, J. & Mergulhão, L. (1997) Desenvolvimento local em meio rural: que possibilidades?. Economia e Sociologia, 63, 31-42
Ruschmann, D. & Rosa, R. (2006). A sustentabilidade como estratégia de desenvolvimento em empreendimentos turísticos – O caso da ilha de Porto Belo. IV SeminTUR - Seminário de Pesquisa em Turismo do MERCOSUL, 7 e 8 de julho de 2006. Caxias do Sul, RS Brasil: Universidade do Vale do Itajaí
Sampaio, F. (2009). A gastronomia como produto turístico. Exedra, 6, 119-134
Santos, D. (2011). Dos modelos de desenvolvimento local aos projectos de animação cultural: Conceitos, dimensões e desafios. I Jornadas de Animação Cultural: que desafios, 7-8 de abril de 2011. Leiria: Escola Superior de Educação e Ciências Sociais do Instituto Politécnico
Santos, N. Cravidão, F. & Cunha, L. (2010). Espaço turístico e meio ambiente natureza, paisagens culturais e os produtos turísticos associados ao território. Actas - 4º Congresso Latino Americano de Investigação Turística: 22 a 24 setembro de 2010 (pp. 1- 26): Montevideo
Scótolo, D. & Netto, A. (2015). Contribuições do turismo para o desenvolvimento local. Cultur, 1, 36-59
Silva, E. P. (2000). Património e identidade: Os desafios do turismo cultural. Antropológicas. 4, 217-224
Simão, J. P. R. V. (2009). Turismo como motor de desenvolvimento local: O caso do Vale do Tua. Tese de Mestrado: Universidade Nova de Lisboa). Retrieved from www.unl.pt/
Tavares, M. C. C. (2009). Desenvolvimento sustentável e agenda 21 local: estudo Exploratório. Tese de Mestrado: Universidade de Aveiro. Retrieved from https://www.ua.pt/
Publicado
2019-09-06
Seção
Artigos