Técnicas projetivas: aplicações, limitações e potenciais para o uso em pesquisas em turismo

  • Mirna de Lima Medeiros
  • Danielle Fernandes Costa Machado
  • João Luiz Passador

Resumo

O presente artigo descreve o grupo de técnicas de pesquisa denominadas projetivas como instrumento metodológico útil às pesquisas em Turismo. Essas técnicas envolvem o uso de estímulos que permitem aos participantes projetar suas crenças subjetivas ou profundas em outras pessoas ou objetos. Quando se opta pelo desenvolvimento de uma pesquisa, conforme a informação que se deseja obter, existem diversas possibilidades metodológicas e ferramentais que podem ser utilizadas, entretanto, é preciso conhecimento com relação às suas características, potenciais e limitações para que essa decisão possa ser realizada de maneira adequada. Discussões quanto aos métodos e técnicas de pesquisa em turismo são de grande valia para tal escolha e o trabalho em tela busca contribuir para esse debate. Esse ensaio teórico enfoca as técnicas projetivas de pesquisa, apresentando sua origem, utilidade, forma de aplicação e análise dos dados, efetividade, bem como apontamentos sobre sua aplicação em pesquisas em Turismo. Para tal fim, foram realizadas pesquisa bibliográfica e revisão sistemática efetivada por meio do repositório de pesquisa ScienceDirect onde foi possível encontrar 253 artigos científicos relacionados ao uso de técnicas projetivas. Foi verificada à área ao qual pertencem os periódicos e a distribuição numérica de artigos publicados nesses. Notou-se que a maioria dos periódicos são da área de Psicologia ou Medicina, mas encontrou-se cinco artigos de periódicos da área de Turismo. Conclui-se que apesar de ainda se verificarem poucos adeptos a esse grupo de técnicas, há uma série de vantagens que podem ser entendidas como um potencial a ser mais bem explorado pelos pesquisadores da área. 

Publicado
2017-08-31
Seção
Artigos