Destino Turístico Inteligente: Acessibilidade no Centro Histórico de São Luís – Maranhão, um estudo sobre a Reputação Online no TripAdvisor

  • Saulo Ribeiro dos Santos Universidade Federal do Maranhão
  • Valério Rodrigues de Souza Neto Universidade Federal do Maranhão
  • Luciano Rodrigo Silva Pereira Universidade Federal do Maranhão
  • José Manoel Gonçalves Gândara Universidade Federal do Paraná
  • Saulo Rondinelli Xavier da Silva Universidade Federal do Paraná
Palavras-chave: Acessibilidade, Centro Histórico, Destino turístico inteligente, Reputação Online, São Luís.

Resumo

Um destino turístico inteligente é resultado de diversos fatores, dentre eles as tecnologias da informação e comunicação (TIC’s) que promove um território inovador, de cooperação e cocriação, principalmente por parte do turista. Entendendo este aspecto, a acessibilidade é uma das categorias presentes em um destino turístico inteligente, tanto no âmbito físico quanto virtual. Percebendo as limitações encontradas na cidade patrimônio cultural da humanidade, São Luís (Maranhão, Brasil), objetiva-se compreender a percepção sobre a imagem captada pelos visitantes mediante as análises dos comentários na plataforma interativa do sítio eletrônico TripAdvisor, utilizando a categoria acessibilidade proposto pelo Instituto Valenciano de Tecnologias Turísticas em indicadores de destino turístico inteligente. Quanto aos procedimentos metodológicos, utiliza-se a metodologia de reputação online, para analisar os comentários dos turistas postados entre os períodos de setembro (2014) a agosto (2016), utilizando-se palavras-chaves do Manual de Orientações em Turismo e Acessibilidade do Ministério do Turismo e do Manual Operativo para la Configuración de Destinos Turístico Inteligente do Instituto Valenciano de Tecnologías Turísticas. Para obter-se maior aprendizagem sobre este tema buscou-se como uma das metodologias, livros, artigos e teses que exponham a real conjectura da acessibilidade em cidades históricas. Os resultados desta pesquisa apontam que há necessidade de um plano de desenvolvimento urbano, turístico e patrimonial para que São Luís esteja no patamar de destino turístico inteligente, conforme a categoria acessibilidade proposto pelo INVAT.TUR, como um instrumento que possa auxiliar gestores na adequação da infraestrutura urbana do centro histórico de São Luís.

Biografia do Autor

Saulo Ribeiro dos Santos, Universidade Federal do Maranhão
Professor Adjunto do Departamento de Turismo e Hotelaria da Universidade Federal do Maranhão
Valério Rodrigues de Souza Neto, Universidade Federal do Maranhão
Graduando em Turismo
Luciano Rodrigo Silva Pereira, Universidade Federal do Maranhão
Graduando em Turismo
José Manoel Gonçalves Gândara, Universidade Federal do Paraná

Doutor em Turismo e Desenvolvimento Sustentável 

Professor do Programa de Mestrado em Turismo na UFPR

Professor do Programa de Mestrado e Doutorado em Geografia na UFPR

Saulo Rondinelli Xavier da Silva, Universidade Federal do Paraná
Doutorando em Geografia na UFPR
Publicado
2016-12-22
Seção
Artigos