Discussão sobre a Controvérsia do Paradigma Econômico na Pesquisa Empírica em Contabilidade Gerencial

Autores

  • Franklin Carlos Cruz Silva
  • Kátia Silene Lopes de Souza Albuquerque
  • Sônia Maria da Silva Gomes

Palavras-chave:

Pesquisa Contábil, Contabilidade gerencial, Monoparadigma Econômico.

Resumo

Este artigo tem como objetivo discutir a controvérsia do paradigma econômico na pesquisa empírica em contabilidade gerencial proposta por Zimmerman (2001) e criticada por alguns autores como um importante risco para o desenvolvimento da pesquisa nessa área. Para tanto desenvolveu-se um estudo qualitativa-descritiva. O método escolhido foi a análise documental. A construção da investigação deu-se em duas etapas. Na primeira foram selecionadas as revistas científicas em língua inglesa com peer review constantes na base de dados ProQuest: ABI/INFORM Global e Science Direct Access. Na segunda, foram analisados os abstracts, quando necessário o texto completo, buscando analisar a leitura dada às críticas de Zimmerman, além da identificação de autor(es), instituição(ões), tema, contexto, questão da pesquisa, conclusão. Identificou-se na pesquisa empreendida que existem prós e contras às conjecturas levantadas por Zimmerman (2001). Nota-se também que há um consenso entre os debatedores de que o paradigma econômico isoladamente não é capaz de responder às questões da contabilidade gerencial, dada a complexidade do ambiente em que a mesma encontra-se inserida.

Downloads

Publicado

2009-12-21

Como Citar

SILVA, F. C. C.; ALBUQUERQUE, K. S. L. de S.; GOMES, S. M. da S. Discussão sobre a Controvérsia do Paradigma Econômico na Pesquisa Empírica em Contabilidade Gerencial. Contabilidade Vista & Revista, [S. l.], v. 20, n. 4, p. 87-107, 2009. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/contabilidadevistaerevista/article/view/717. Acesso em: 24 set. 2021.