Fundos de Investimentos, Bancos Administradores e Empréstimos Concedidos a Empresas Abertas: uma Análise no Cenário Brasileiro

Autores

  • Rodrigo Fernandes Malaquias Universidade Federal de Uberlândia
  • Fernanda Maciel Peixoto Universidade Federal de Uberlândia.
  • Graciela Dias Coelho Jones Universidade Federal de Uberlândia.

Palavras-chave:

Assimetria de Informações, Análise de Estilo, Eficiência de Mercado.

Resumo

O objetivo principal deste estudo foi analisar a relação entre as variações dos retornos das carteiras dos Fundos de Investimentos em Ações e as variações dos retornos das ações das empresas que captam recursos junto aos Bancos que administram os referidos Fundos. A base de dados foi composta por 173 fundos de ações, dentro do período de 03/01/2005 a 12/09/2013. Os referidos fundos se mostraram vinculados a quatro instituições bancárias diferentes; por sua vez, as instituições bancárias concederam empréstimos a nove empresas de capital aberto. A etapa quantitativa foi realizada por meio da análise de estilo baseada em retornos (SHARPE, 1992). Os principais resultados evidenciaram que: i) na regressão de análise de estilo com apenas os três fatores de mercado (câmbio, títulos públicos e Ibovespa), o R-quadrado ajustado apresentou baixo poder de explicação (abaixo de 3%); ii) na regressão de análise de estilo com a inclusão dos retornos das ações das empresas que obtiveram empréstimos junto aos bancos administradores dos fundos, observou-se que o R-quadrado ajustado aumentou significativamente (em média, para 20%), e todos os betas dos retornos das ações das empresas vinculadas aos bancos foram significantes; e iii) a análise para verificar um potencial uso de informações internas para antecipar retornos não mostrou resultados significativos. Desta forma, foram observados indícios de que os gestores dos fundos aplicam em ações das empresas para as quais os bancos administradores fornecem crédito; contudo, tais gestores, em média, não necessariamente conseguem antecipar retornos das ações das empresas investidas.

Biografia do Autor

Rodrigo Fernandes Malaquias, Universidade Federal de Uberlândia

Doutor em Administração de Empresas, na Linha de Finanças, pela Fundação Getúlio Vargas (EAESP/FGV).

Professor da Faculdade de Ciências Contábeis da Universidade Federal de Uberlândia (FACIC/UFU).

Fernanda Maciel Peixoto, Universidade Federal de Uberlândia.

Doutora em Administração, na Linha de Finanças, pelo CEPEAD/UFMG.

Professora Adjunta na Faculdade de Gestão e Negócios da UFU

Graciela Dias Coelho Jones, Universidade Federal de Uberlândia.

Mestre em Gestão e Estratégia em Negócios, pela UFRRJ.

Professora da Faculdade de Ciências Contábeis da Universidade Federal de Uberlândia (FACIC/UFU).

Downloads

Publicado

2015-05-11

Como Citar

MALAQUIAS, R. F.; PEIXOTO, F. M.; JONES, G. D. C. Fundos de Investimentos, Bancos Administradores e Empréstimos Concedidos a Empresas Abertas: uma Análise no Cenário Brasileiro. Contabilidade Vista & Revista, [S. l.], v. 25, n. 3, p. 121-142, 2015. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/contabilidadevistaerevista/article/view/2488. Acesso em: 27 nov. 2020.