A Contabilidade na Antiga União Soviética

Autores

  • Carlos Antônio De Rocchi

Palavras-chave:

Planejamento Contábil Soviético, Contabilidade Soviética, Economia Soviética

Resumo

  A União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS) foi um país do qual se sabe com precisão as datas de nascimento e de falecimento. Surgida em novembro de 1917 (20 de outubro pelo calendário juliano, que era adotado no Império Tzarista), deixou de existir em dezembro de 1991, quando seu desmembramento fez surgir a Comunidade dos Estados Independentes, que logo sofreria novas cisões e divisões.

  Para os estudiosos da História da Contabilidade, o aspecto mais importante daquele País é o planejamento contábil soviético. Primeira experiência prática da implantação de uma economia totalmente planificada, a União Soviética precisaria ter contado com um eficiente planejamento contábil, necessário para o controle e avaliação de desempenho das unidades de produção e distribuição.

  Tal planejamento contábil realmente existiu. Mas cabe questionar se ele foi realmente eficiente e, caso não tenha sido, cumpre investigar a influência que suas deficiências tiveram no desmoronamento do império comunista.

   E, é claro, analisar tais deficiências e sugerir medidas corretivas. Que poderão ser úteis futuramente, em outros casos e novas situações.

  O trabalho se propôe a discutir os aspectos do planejamento contábil na Antiga União Soviética e seu envolvimento e influência na formação de novas comunidades.

Downloads

Publicado

2009-04-30

Como Citar

DE ROCCHI, C. A. A Contabilidade na Antiga União Soviética. Contabilidade Vista & Revista, [S. l.], v. 12, n. 2, p. 81-104, 2009. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/contabilidadevistaerevista/article/view/179. Acesso em: 4 dez. 2021.