Big data, rastreabilidade e assimetrias de informação: opacidade, ingerência e democracia

Autores

Resumo

O objetivo deste trabalho é duplo: por um lado, pretendo estudar as principais características dos diferentes mercados ligados às plataformas eletrônicas e às redes sociais e, por outro lado, elaborar uma função de bem-estar social para tentar capturar as externalidades positivas e negativas produzidas pelo desenvolvimento desses mercados. Ressaltarei as assimetrias da informação que caracterizam a dinâmica desses mercados e estudarei as implicações ligadas à opacidade deste sistema. Em uma primeira parte, ressaltarei as principais características dos mercados ligados a esta economia digital. Em uma segunda parte, estudarei esta economia em relação a uma função específica de bem-estar. Em uma terceira parte, mostrarei em que medida aparecem novas formas de assimetrias da Informação nesses mercados, e estudarei as implicações em termos de bem-estar social, a partir das dimensões econômicas, jurídicas e políticas.

Palavras chaves: Economia Digital - Externalidades- Bem-Estar Social – Democracia.

Código JEL:  D86, D85, D82

Biografia do Autor

Alain Herscovici, Programa de Pós-Graduação em Economia, Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, ES, Brasil.

Departamento de Economia

Programa de Pós-Graduação em Economia

Downloads

Publicado

2021-12-30

Como Citar

HERSCOVICI, A. Big data, rastreabilidade e assimetrias de informação: opacidade, ingerência e democracia. Nova Economia, [S. l.], v. 31, n. 3, p. 979-1008, 2021. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/novaeconomia/article/view/6075. Acesso em: 15 ago. 2022.

Edição

Seção

Números Regulares