Incerteza e atividade industrial brasileira: uma abordagem setorial

Autores

Resumo

Resumo

Este artigo analisa os efeitos da incerteza sobre a produção industrial brasileira. A investigação foi realizada por meio da estimação de painéis de efeitos fixos para 17 subsetores da indústria de transformação. Foram construídos indicadores com o intuito de captar a incerteza em cada um dos 17 segmentos e também dois indicadores agregados, de forma a mensurar a incerteza do setor industrial como um todo. Além disso, também foi verificado se os efeitos da incerteza, tanto setorial como industrial agregada e macroeconômica, apresentam intensidades distintas entre as categorias de uso. Os resultados sugerem que a incerteza dos subsetores e a industrial agregada afetam negativamente a produção e que os indicadores subsetoriais trazem informações adicionais às incertezas macroeconômica e industrial agregada. Ademais, há evidências de que a incerteza macroeconômica afeta de forma distinta as categorias de uso, sendo a produção de bens de capital mais negativamente impactada.

Palavras-chave: Incerteza. Atividade econômica. Produção industrial. Dados em painel.

Códigos JEL: C33, E00.

Downloads

Publicado

2021-12-07

Como Citar

ZERBINATTI, A. S.; ROCHA, B. de P.; ABRAS, A. Incerteza e atividade industrial brasileira: uma abordagem setorial. Nova Economia, [S. l.], v. 31, n. 2, p. 455-485, 2021. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/novaeconomia/article/view/5957. Acesso em: 13 ago. 2022.

Edição

Seção

Números Regulares