Casais na Grande São Paulo: investigando a diversidade

Autores

  • Frederico Luiz Barbosa de Melo

Palavras-chave:

família, GoM, tipologia,

Resumo

As elevadas heterogeneidade e instabilidade caracterizam o mercado de trabalho no Brasil. Ademais, o processo de crescimento daparticipação das mulheres na força de trabalho tem sido puxado pelas casadas, o que significa que estão sendo alterados os papéis femininos nas famílias e na sociedade. Este estudo investiga as combinações entre características, ocupacionais e não-ocupacionais, do “chefe da família” e do seu respectivo "cônjuge”, como forma de obter inferências sobre o bem-estar familiar. A base de dados utilizada é a Pesquisa de Mobilidade Ocupacional aliada à Pesquisa de Emprego e Desemprego da Região Metropolitana de São Paulo, de abril-dezembro de 2001. Foram construídas tipologias por meio do Grade of Membership, método que trata a heterogeneidade de modo mais adequado. Constatou-se a grande heterogeneidade dos casamentos. Idade, escolaridade e estratégias econômicas dos esposos, em especial quanto à participação da cônjuge no mercado de trabalho, constituem fatores determinantes para distinguir os casais.

Downloads

Publicado

2009-06-05

Como Citar

MELO, F. L. B. de. Casais na Grande São Paulo: investigando a diversidade. Nova Economia, [S. l.], v. 17, n. 2, 2009. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/novaeconomia/article/view/486. Acesso em: 27 set. 2020.

Edição

Seção

Números Regulares