Ciclos econômicos na atividade industrial brasileira: uma análise no domínio do tempo e da frequência

Autores

Palavras-chave:

Atividade Industrial, Análise Espectral, Co-movimentos, Ciclos Comuns, Tendências Comuns.

Resumo

Este artigo analisa o comportamento mensal da produção industrial dos estados da Bahia, Minas Gerais, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo, no período de 2002:01 até 2014:12, através da metodologia de tendências e ciclos comuns de Vahid e Engle (1993). Os testes comprovam a existência de duas tendências comuns e cinco ciclos comuns. Os resultados apontam que desvios do equilíbrio de longo prazo na atividade industrial de São Paulo influenciam a trajetória de produção dos demais estados estudados, ao passo que choques permanentes no Rio Grande do Sul afetam efetivamente apenas a dinâmica industrial do Paraná. Para efetuar a análise dos ciclos dos negócios foram implantadas ferramentas oriundas da análise espectral, obtendo, assim, informações adicionais com relação à sincronização das dinâmicas do curto prazo. A hipótese de comovimentos entre os ciclos do Paraná e São Paulo foi confirmada através da análise no domínio da frequência.

Biografia do Autor

Cristiano da Costa da Silva, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

Possui mestrado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Ceará (2015). Atualmente cursa doutorado na Universidade Federal do Ceará (2015-2018) e é Professor Assistente vinculado ao Departamento de Economia da UERN. Possui experiência na área de Economia, com ênfase em séries temporais.

Nicolino Trompieri Neto, Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará

Possui Doutorado em Economia pela Universidade Federal do Ceará (2009). Atualmente é analista de políticas públicas do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará - IPECE e professor do curso de Economia da UNIFOR. Tem experiência na área de Economia, com ênfase em Flutuações Cíclicas, Econometria Aplicada e Finanças Públicas.

Luiz Ivan Castelar, Universidade Federal do Ceará

Possui graduação em Ciências Economicas pela Universidade Federal do Ceará(1974), mestrado em Economia pela Universidade Federal do Ceará(1978), mestrado em Economia pela University of Florida(1980), doutorado em Econometria pela University of Florida(1983) e pós-doutorado pela University of Aberdeen(1993). Atualmente é professor titular da Universidade Federal do Ceará, Consultor do Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior e Membro de CÂMARAS DE ASSESSORAMENTO do Fundação Cearense de Apoio à Pesquisa. Tem experiência na área de Economia, com ênfase em Métodos Quantitativos em Economia. 

Erika Vanessa Alves da Silva, Companhia Pernambucana de Saneamento

Possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Ceará (2013), mestrado em Engenharia de Transportes pela Universidade Federal do Ceará (2017) e atualmente cursa doutorado na Universidade Federal do Ceará (2018-2021)

Downloads

Publicado

2020-10-04

Como Citar

SILVA, C. da C. da; NETO, N. T. .; CASTELAR, L. I.; SILVA, E. V. A. da. Ciclos econômicos na atividade industrial brasileira: uma análise no domínio do tempo e da frequência. Nova Economia, [S. l.], v. 30, n. 2, p. 483-515, 2020. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/novaeconomia/article/view/4711. Acesso em: 27 out. 2020.

Edição

Seção

Números Regulares

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)