The relation between labor productivity and wages in Brazil: a sectoral analysis

Autores

Palavras-chave:

mercado de trabalho, produtividade do trabalho, estrutura setorial, desenvolvimento econômico, determinantes do salário

Resumo

A produtividade do trabalho é um determinante fundamental do salário real. Entretanto, as dinâmicas do salário e produtividade frequentemente divergem na prática em função de uma série de fatores econômicos e institucionais. Este estudo analisa a relação entre as dinâmicas da produtividade do trabalho e do salário no Brasil entre 1996-2014, adotando uma abordagem setorial para considerar divergências entre setores econômicos. As análises baseiam-se em dados do Sistema de Contas Nacionais e da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, e em estimativas de modelos hierárquicos para avaliar os impactos de fatores regionais e setoriais nos salários individuais. Os resultados indicam que a produtividade está positivamente associada ao salário em todos os setores econômicos, mas que fatores institucionais, como formalização do trabalho e salário mínimo, influenciam de maneira igualmente significativa, sugerindo que o crescimento do salário entre 1996-2014 foi tanto um resultado de mudanças institucionais quanto de transformações da estrutura produtiva.

Biografia do Autor

Erik Steven Katovich, Universidade Estadual de Campinas

Fulbright Research Fellow, Instituto de Economia, Universidade Estadual de Campinas

Alexandre Gori Maia, Universidade Estadual de Campinas

Professor, Institute of Economics, Universidade Estadual de Campinas

Downloads

Publicado

2018-06-04

Como Citar

KATOVICH, E. S.; MAIA, A. G. The relation between labor productivity and wages in Brazil: a sectoral analysis. Nova Economia, [S. l.], v. 28, n. 1, 2018. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/novaeconomia/article/view/3943. Acesso em: 27 out. 2020.

Edição

Seção

Números Regulares