A questão do investimento no Setor Elétrico Brasileiro: reforma e crise

Autores

  • João Lizardo de Araújo

Palavras-chave:

investimento, privatização, reforma, setor elétrico.

Resumo

O Brasil está passando por sua pior crise de suprimento de eletricidade nos últimos cinqüenta anos. Esta ocorre após sete anos de esforços de reformas orientadas para o mercado, e levanta a questão inevitável de se o desenho e o ritmo da reforma foram corretos. As raízes da crise atual estão num longo período de sub-investimento a partir dos anos oitenta; as reformas do setor visaram corrigir esta situação, mas têm sido mal-sucedidas até o presente momento. Este artigo discute as causas deste insucesso e tenta buscar uma saída para os atuais problemas. A crise atual requer uma resposta de emergência, mas também uma política de longo prazo. Essa política deve basear-se no reconhecimento de que a demanda de eletricidade no Brasil tende a crescer rapidamente no futuro previsível e que a reforma deve centrar-se no investimento e na eficiência dinâmica ao invés da eficiência estática. Mais ainda, o grande sistema hidrelétrico do Brasil precisa de tratamento especial para se ter investimentos em plantas hidráulicas e térmicas.

Downloads

Publicado

2009-05-26

Como Citar

DE ARAÚJO, J. L. A questão do investimento no Setor Elétrico Brasileiro: reforma e crise. Nova Economia, [S. l.], v. 11, n. 1, 2009. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/novaeconomia/article/view/382. Acesso em: 29 nov. 2020.

Edição

Seção

Números Regulares