O movimento de privatização dos anos oitenta: reais motivos

Autores

  • Ruth Helena Dweck

Palavras-chave:

Estado, mercado, privatização, regulação.

Resumo

O objetivo deste artigo é discutir a questão da privatização, fenômeno que envolveu a economia mundial nas últimas décadas. O debate se dá em um contexto amplo, visando abordar os diversos aspectos do conhecimento humano e não apenas o aspecto econômico, motivo mais explorado pela literatura sobre o tema. Este estudo, tendo como referência um instrumental teórico-empírico, constatou que os movimentos concretos de privatização, que ocorreram no mundo capitalista, no final dos anos setenta, guardam especificidades nacionais, devido não apenas às condições econômicas, como também ao grau de organização das sociedades e, principalmente, à base política que as sustentam. Por conseguinte, revelam um conteúdo político-ideológico forte. A lógica desses movimentos mostra que a questão da privatização remete à discussão sobre o papel do Estado nas economias. Sendo o Estado um agente não apenas econômico, mas principalmente político, a análise de sua atuação requer um julgamento normativo. Dentro desta perspectiva, foi possível identificar e agrupar as várias razões que nortearam os programas de privatização nos diferentes países em três ordens de motivos: tecnológico, econômico-financeiro e político-ideológico.

Downloads

Publicado

2009-05-26

Como Citar

DWECK, R. H. O movimento de privatização dos anos oitenta: reais motivos. Nova Economia, [S. l.], v. 10, n. 2, 2009. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/novaeconomia/article/view/378. Acesso em: 27 nov. 2020.

Edição

Seção

Números Regulares