Previsões de razões ótimas de hedge para a manga exportada brasileira

Autores

  • Abdinardo Moreira Barreto de Oliveira UNIVASF - Universidade Federal do Vale do São Francisco
  • Joséte Florencio dos Santos UFPE - Universidade Federal de Pernambuco

Palavras-chave:

risco de preço, manga exportada, modelo ARIMA, abordagens de Hedging, mercados futuros.

Resumo

Este estudo prevê as razões ótimas de hedge efetivas na mitigação do risco de preço da manga exportada brasileira, em mercado de futuros. Foram coletados 300 preços médios mensais US$ FOB/ kg de manga entre 1989 e 2013 no site Alice-Web2. Foram usados os modelos ARIMA para prever os preços futuros. Elaborou-se 48 cenários para cada abordagem de hedging empregada no estudo: Variância Mínima, Média-Variância e BEKK-GARCH. Os contratos futuros com vencimento de 05 e 09 meses tiveram as melhores médias na efetividade do hedge (35% e 36%), com razões ótimas de hedge de 86,5% e 75,1%, em posições vendidas. Em termos práticos, o modelo dinâmico BEKK-GARCH teve resultados satisfatórios de hedge somente em períodos grandes, apontando assim a sua sensibilidade para com o tamanho e a prevalência das abordagens estáticas de hedge em períodos pequenos.

Biografia do Autor

Abdinardo Moreira Barreto de Oliveira, UNIVASF - Universidade Federal do Vale do São Francisco

Professor de Gestão economico-financeira no curso de Engenharia de Produção da UNIVASF

Joséte Florencio dos Santos, UFPE - Universidade Federal de Pernambuco

Professora do Programa de Pós-Graduação em Administração (PROPAD) da UFPE.

Downloads

Publicado

2018-03-04

Como Citar

OLIVEIRA, A. M. B. de; SANTOS, J. F. dos. Previsões de razões ótimas de hedge para a manga exportada brasileira. Nova Economia, [S. l.], v. 27, n. 3, 2018. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/novaeconomia/article/view/3288. Acesso em: 26 nov. 2020.

Edição

Seção

Números Regulares