A economia e o melhoramento social: a agenda de reformas de Alfred Marshall

Autores

  • Laura Valladão de Mattos

Palavras-chave:

Alfred Marshall, filosofia social, pobreza, reforma social, melhoramento humano

Resumo

Este artigo visa a investigar alguns aspectos da filosofia social e econômica de Alfred Marshall. Argumenta-se que o combate à pobreza mobilizou sobremaneira o autor por ele considerá-la um mal que, além de infligir intenso sofrimento aos pobres, era responsável por boa parte de sua degradação física, moral e intelectual. Resgatar os homens, mulheres e crianças da miséria seria, assim, um pré-requisito para o melhoramento humano e social. Analisa-se, no artigo, a extensa agenda de reformas defendida por Marshall, que incluía o combate direto à pobreza e à indigência, mas também políticas educacionais, sanitárias, habitacionais, e de planejamento urbano. Argumenta-se que, apesar de, à primeira vista, parecerem uma miscelânea de medidas, analisadas em seu conjunto essas propostas se complementavam e visavam basicamente a romper o “círculo vicioso” da pobreza e, com isso, melhorar a vida e o caráter dos homens.

Downloads

Publicado

2014-08-28

Como Citar

DE MATTOS, L. V. A economia e o melhoramento social: a agenda de reformas de Alfred Marshall. Nova Economia, [S. l.], v. 24, n. 1, 2014. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/novaeconomia/article/view/2599. Acesso em: 26 nov. 2020.

Edição

Seção

Números Regulares