Ignácio Rangel e a categoria dualidade básica: uma interpretação do Brasil

Autores

  • Maria Mello de Malta

Palavras-chave:

Ignácio Rangel, dualidade básica, interpretação do Brasil

Resumo

Ignácio Rangel é autor de imensa originalidade; no entanto, seu trabalho vem sendo pouco explorado na história do pensamento econômico brasileiro. O objetivo deste trabalho é desenvolver um movimento que recupere a interpretação rangeliana do Brasil, destacando sua concepção da dualidade básica para reapresentar Rangel à lista dos grandes intérpretes brasileiros.

Downloads

Publicado

2014-08-28

Como Citar

DE MALTA, M. M. Ignácio Rangel e a categoria dualidade básica: uma interpretação do Brasil. Nova Economia, [S. l.], v. 24, n. 1, 2014. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/novaeconomia/article/view/2597. Acesso em: 4 dez. 2020.

Edição

Seção

Números Regulares