Evidências de subsídio cruzado no setor de saneamento básico nacional e suas consequências

Autores

  • Karlos Arcanjo da Cruz
  • Francisco de Sousa Ramos UFPE/PIMES

Palavras-chave:

subsídio cruzado, saneamento básico, monopólio natural

Resumo

Este trabalho analisou os diversos tipos de ocorrência de subsídio cruzado no setor de saneamento. Verificou-se, então, que existe a sua prática entre grupos de consumo, residencial, comercial, industrial, público e derivações desses: - por nível de consumo, já que os consumidores que consomem mais pagam por um custo unitário de água superior aos demais; - entre produtos, visto que os serviços de água, em alguns casos, são subsidiados pelos serviços de esgoto; - entre localidades, porque, apesar de o custo de captação, tratamento e distribuição da água não ser uniforme entre os municípios em um estado, a tarifa praticada em determinados casos é única. Como resultado, identificou-se que tais mecanismos induzem ao consumo supérfluo, fazem pessoas aquinhoadas serem patrocinadas por pessoas menos favorecidas e geram conflitos intermunicipais.

Biografia do Autor

Karlos Arcanjo da Cruz

Possui graduação em Engenharia Elétrica/Eletrotécnica (2004), mestrado em Economia (2007) e doutorado em Economia (2012) pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Atualmente é engenheiro eletricista da Companhia Pernambucana de Saneamento. Na área de pesquisas, atua principalmente nos seguintes temas: regulação econômica, análise de investimentos, economia da energia e economia do saneamento.

Francisco de Sousa Ramos, UFPE/PIMES

Francisco de Sousa Ramos concluiu o doutorado em Economia - Université Catholique de Louvain, Bélgica, em 1992. Atualmente é Pro-Reitor para Assuntos de Pesquisa e Pos-graduacao da Universidade Federal de Pernambuco. Foi secretário-executivo da ANPEC-Associação de Nacional de Centros de Pós-graduação em Economia (biênio 2003-2004), membro do Comitê de Assessoramento de Administração e Economia CNPq CA-AE (triênio 2005-2007). Foi Coordenador-adjunto da área de Economia junto a CAPES (triênio 2004-2006), Coordenador da área na CAPES para o triênio 2007-2010, sendo reconduzido para o triênio 2010-2012, e eleito para o CTC-Conselho Técnico Científico da CAPES para o triênio 2010-2012 (tendo se afastado em maio/2012). Publicou vários artigos em periódicos especializados e em anais de eventos, além de livros e capítulos de livros. Orientou dissertações de mestrado e teses de doutorado, bem como trabalhos de iniciação científica e monografias de conclusão de curso.

Downloads

Publicado

2016-12-22

Como Citar

CRUZ, K. A. da; RAMOS, F. de S. Evidências de subsídio cruzado no setor de saneamento básico nacional e suas consequências. Nova Economia, [S. l.], v. 26, n. 2, 2016. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/novaeconomia/article/view/2544. Acesso em: 29 nov. 2020.

Edição

Seção

Números Regulares