Dos “voos de galinha” ao crescimento sustentado? Projetando o crescimento potencial brasileiro para o período 2013-2020, com ênfase no efeito do setor petróleo

Autores

  • Breno Carvalho Roos Departamento de Economia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • André Luis Cabral de Lourenço Departamento de Economia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Palavras-chave:

crescimento potencial, Brasil, petróleo, projeção, setor externo

Resumo

O artigo discute o papel que a indústria petrolífera desempenha na macroeconomia brasileira e utiliza o método de projeção para construir diferentes cenários, cobrindo o período 2013-2020. Com base em um modelo com ênfase no setor externo é avaliada a hipótese de que o desenvolvimento dessa indústria, por meio do pré-sal, permitirá elevar o potencial de crescimento econômico do país, considerando o possível relaxamento das restrições de balanço de pagamentos e fiscal. Verificou-se que o preço internacional do petróleo representa elemento-chave para a condução da política econômica interna, dado o seu impacto sobre os preços domésticos. As projeções indicaram que a taxa média de crescimento do Brasil – condicionada à trajetória de aumento da produção petrolífera e às políticas econômicas adotadas – seguirá baixa até 2020.

Biografia do Autor

Breno Carvalho Roos, Departamento de Economia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2009) e mestrado em desenvolvimento econômico (2013) pela mesma instituição. Atualmente é economista da Secretaria de Estado do Planejamento e das Finanças do RN e membro do Núcleo de Análise Econômica Multissetorial, Estratégica e Conjuntural (NEMEC) da UFRN

André Luis Cabral de Lourenço, Departamento de Economia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Estadual de Campinas (1993), mestrado em Ciência Econômica pela Universidade Estadual de Campinas (1999) e doutorado em Economia da Industria e da Tecnologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2004). Atualmente é professor associado da Universidade Federal do Rio Grande do Norte e membro do Grupo de Estudo e Pesquisas em Economia Política do Desenvolvimento (GEEPD). Tem experiência na área de Economia, com ênfase em Macroeconomia, atuando principalmente nos seguintes temas: instabilidade financeira, crescimento, emprego, macroeconomia regional.

Downloads

Publicado

2017-03-27

Como Citar

ROOS, B. C.; LOURENÇO, A. L. C. de. Dos “voos de galinha” ao crescimento sustentado? Projetando o crescimento potencial brasileiro para o período 2013-2020, com ênfase no efeito do setor petróleo. Nova Economia, [S. l.], v. 26, n. 3, 2017. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/novaeconomia/article/view/2371. Acesso em: 29 nov. 2020.

Edição

Seção

Números Regulares