O déficit habitacional no Brasil: uma estimativa a partir dos dados da PNAD - 1995

Autores

  • Robson R. Gonçalves

Resumo

Este texto apresenta uma análise da demanda por unidades habitacionais no Brasil a partir dos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - 1995, do IBGE. Seu objetivo é fornecer uma avaliação das atuais dimensões do déficit habitacional brasileiro, seus principais determinantes e sua distribuição entre as Regiões Metropolitanas do país. Adicionalmente, também serão analisados aspectos vinculados às condições gerais da infra-estrutura habitacional - especificamente aqueles relacionados à cobertura das redes gerais de saneamento básico - os quais permitem avaliar com maior rigor a dimensão qualitativa da questão habitacional. A principal razão das inúmeras divergências observadas entre as diversas tentativas de mensuração do déficit habitacional refere-se à falta de uma conceituação precisa. Assim, este estudo tem como meta implícita oferecer uma alternativa que permita uma avaliação direta do que se pode chamar de core deficit utilizando-se os dados das diversas PNADs.

Downloads

Publicado

2013-12-11

Como Citar

GONÇALVES, R. R. O déficit habitacional no Brasil: uma estimativa a partir dos dados da PNAD - 1995. Nova Economia, [S. l.], v. 7, n. 1, 2013. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/novaeconomia/article/view/2255. Acesso em: 29 nov. 2020.

Edição

Seção

Números Regulares