Crescimento econômico nas cidades médias brasileiras

Autores

  • Thompson A. Andrade
  • Rodrigo V. Serra

Resumo

As cidades médias brasileiras mostraram um variado desempenho produtivo nas décadas de setenta e de oitenta, conforme medido pela variação do pessoal ocupado nas mesmas. O objetivo deste trabalho é verificar como tal desempenho se mostrou diferente em termos de algumas características estruturais que estas cidades apresentavam no ano inicial de cada década. Isto é feito através de análises de regressão, usando-se como características variáveis que procuram representar diferenças de dimensão demográfica, de grau de industrialização, de nível de renda e de sua desigualdade, de nível educacional, de oferta de infra-estrutura, de nível de dispêndio público e de mercado. Além destas variáveis, um controle é feito para atributos de região, de localização espacial (metropolitana e não-metropolitana) e de escala urbana. Regressões também foram rodadas da mesma forma para verificar como as mesmas características servem para discrimimu' estas cidades em termos das variações de rendimento da renda total nas mesmas. O resultado obtido indica que o conjunto escolhido de características mostrou-se extremamente relevante para explicar as diferenças de performance.

Downloads

Publicado

2013-11-18

Como Citar

ANDRADE, T. A.; SERRA, R. V. Crescimento econômico nas cidades médias brasileiras. Nova Economia, [S. l.], v. 9, n. 1, 2013. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/novaeconomia/article/view/2191. Acesso em: 27 nov. 2020.

Edição

Seção

Números Regulares