O modelo keynesiano de James Meade

Autores

  • Claudia Heller
  • Roselaine Bonfim de Almeida

Palavras-chave:

Teoria Keynesiana, Investimento e Poupança, Equilíbrio, Estabilidade, Expectativas

Resumo

Este artigo reavalia o “modelo simplificado” da Teoria Geral de Keynes elaborado por James Meade e procura complementar alguns dos argumentos teóricos que Meade deixou apenas indicados. O artigo também responde às solicitações de Frisch a Meade, quanto à explicação do significado de estabilidade e à explicitação dos pressupostos que garantem suas conclusões. Além disso, apresenta alguns dos cálculos não desenvolvidos por Meade, e, quando necessário, suas devidas correções.

Downloads

Publicado

2013-05-13

Como Citar

HELLER, C.; ALMEIDA, R. B. de. O modelo keynesiano de James Meade. Nova Economia, [S. l.], v. 22, n. 3, 2013. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/novaeconomia/article/view/2019. Acesso em: 24 nov. 2020.

Edição

Seção

Números Regulares