Correlação e causalidade entre os preços de commodities e energia

Autores

  • Dienice Ana Bini Universidade Federal de Pelotas
  • Mario Duarte Canever Universidade Federal de Pelotas
  • Anderson Antônio Denardin Universidade Federal de Santa Maria

Palavras-chave:

transmissão de preços, cointegração, petróleo, etanol

Resumo

Objetiva-se testar a cointegração e a causalidade entre os preços de energia e commodities agrícolas nas condições comercias do Brasil. Utilizando- se dados de preço mensais de 2000 a 2012 das commodities: petróleo, etanol, cana, milho, soja, taxa de câmbio, e ainda os preços americanos de milho e etanol. O petróleo e taxa de câmbio apresentaram coeficientes significativos a 10% para todos os produtos. O etanol foi significativo para a cana de açúcar, soja e milho, mostrando o entrelaçamento entre os preços de energia e produtos agrícolas no Brasil. Isso é evidenciado pelas relações significativas de cointegração da soja com a cana, etanol e milho. Identificou-se causalidade no sentido de Granger do milho e etanol americano para o etanol brasileiro, e do milho americano para o milho e a soja do Brasil. Pode-se concluir que há transmissão de preços das commodities energéticas para as commodities agrícolas e entre as commodities.

Biografia do Autor

Dienice Ana Bini, Universidade Federal de Pelotas

Mestranda do curso Organizações e Mercados

Mario Duarte Canever, Universidade Federal de Pelotas

PhD, professor na Universidade Federal de Pelotas - Departamento de Ciências Sociais Agrárias

Anderson Antônio Denardin, Universidade Federal de Santa Maria

Dr, Professor de Economia

Downloads

Publicado

2015-08-13

Como Citar

BINI, D. A.; CANEVER, M. D.; DENARDIN, A. A. Correlação e causalidade entre os preços de commodities e energia. Nova Economia, [S. l.], v. 25, n. 1, 2015. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/novaeconomia/article/view/1985. Acesso em: 29 nov. 2020.

Edição

Seção

Números Regulares