Da arte de conhecer as doenças:o Diagnóstico da Economia Mineira de 1968 e o planejamento do desenvolvimento de Minas Gerais

Autores

  • Marcelo Magalhães Godoy
  • Daniel Henrique Diniz Barbosa
  • Lidiany Silva Barbosa

Palavras-chave:

Minas Gerais, História Econômica, desenvolvimento, planejamento, BDMG

Resumo

O tema do desenvolvimento regional politicamente orientado ocupa lugar de destaque na História Econômicade Minas Gerais. Desde o início do século XX, e no transcurso das mais importantes etapas da transformação do sistema econômico brasileiro, a superaçãodo subdesenvolvimento e da posição periféricado estado constituiu-se em prioridade para as elites mineiras. Entende-se que é imperativo o estudo do Diagnóstico da Economia Mineira, publicado no ano de 1968, se o objetivo é compreender as vicissitudes da evolução econômica do estado. Com este escrito pretende-se ressaltar o significado deste opulento documento,mormente as longevas filiações institucionais e matrizes teóricas que lhe forneceram legitimidade e o fez consentâneo com o seu tempo. O texto se estrutura em três partes: i) descrição e análise do documento;ii) breve histórico sobre o desenvolvimentismo em Minas; iii) apresentação de quatro estudos acerca de temas do Diagnóstico: transportes, energia elétrica, indústria açucareira e siderurgia

Downloads

Publicado

2011-01-27

Como Citar

GODOY, M. M.; BARBOSA, D. H. D.; BARBOSA, L. S. Da arte de conhecer as doenças:o Diagnóstico da Economia Mineira de 1968 e o planejamento do desenvolvimento de Minas Gerais. Nova Economia, [S. l.], v. 20, n. 2, 2011. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/novaeconomia/article/view/1065. Acesso em: 24 nov. 2020.

Edição

Seção

Números Regulares