Dinâmica populacional, uso da terra e geração de renda: uma análise longitudinal para domicílios rurais na Amazônia equatoriana

Autores

  • Alisson F. Barbieri
  • Richard E. Bilsborrow

Palavras-chave:

Amazônia, Equador, população, renda, uso da terra

Resumo

A área em estudo neste artigo, no Norte da Amazônia equatoriana, é a principal região de colonização por migrantes no país desde os Anos 70, e tem experimentado grandes mudanças em anos recentes, incluindo rápido crescimento populacional e urbano, fragmentação de lotes rurais, mudanças nas formas de uso da terra, e aumento na oferta de trabalho assalariado fora dos lotes. Essas mudanças têm afetado de forma importante a renda e bem-estar dos colonos. Este artigo utiliza dados detalhados de uma pesquisa longitudinal de colonos migrantes em 1990 e 1991, para estimar a renda domiciliar gerada tanto a partir de atividades no próprio lote rural, quanto fora do lote. São estimados, ainda Coeficientes de Gini para a desigualdade na distribuição de terras e renda domiciliar, e avaliadas possíveis causas das mudanças na renda nos Anos 90. O artigo é finalizado com uma discussão sobre políticas que possam aliviar a pobreza e atingir um padrão de desenvolvimento mais sustentável.

Downloads

Publicado

2011-01-26

Como Citar

BARBIERI, A. F.; BILSBORROW, R. E. Dinâmica populacional, uso da terra e geração de renda: uma análise longitudinal para domicílios rurais na Amazônia equatoriana. Nova Economia, [S. l.], v. 19, n. 1, 2011. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/novaeconomia/article/view/1039. Acesso em: 29 nov. 2020.

Edição

Seção

Números Regulares