Requisitos para Aprovação de Prestações de Contas de Municípios: Aplicação de Análise Discriminante (AD) a partir de Julgamentos do Controle Externo

Autores

  • Jorge Expedito de Gusmão Lopes
  • José Francisco Ribeiro Filho
  • Marcleide Maria Macedo Pederneiras
  • Felipe Dantas Cassimiro da Silva

Palavras-chave:

Controle, Transparência, Convergência, Evidência

Resumo

   Tomou-se como objetivo do estudo em tela identificar se indicadores produzidos a partir de métricas contábeis são estatisticamente significativos para prever o tipo de parecer produzido pelo controle externo como sendo “pela aprovação” ou “pela rejeição” das prestações de contas. Utilizou-se uma abordagem metodológica empírico-analítica na qual a procedeu-se a técnica de coleta de dados, tratamento e análise quantitativa e a validação da prova científica buscada através de testes dos instrumentos, grau de significância e sistematização das definições operacionais. Concluiu-se por meio da análise dos resultados que há a possibilidade real de indicadores produzidos a partir de métricas contábeis de municípios a serem utilizados para prever o tipo de parecer produzido pelo controle externo como sendo “pela aprovação” ou “pela rejeição” das prestações de contas, que na pesquisa apontou para indicadores ligados a proporção de gastos corrente nas receitas auferidas pelos municípios e o peso das dívidas consolidadas sobre essas mesmas receitas.

Downloads

Publicado

2009-05-14

Como Citar

LOPES, J. E. de G.; FILHO, J. F. R.; PEDERNEIRAS, M. M. M.; DA SILVA, F. D. C. Requisitos para Aprovação de Prestações de Contas de Municípios: Aplicação de Análise Discriminante (AD) a partir de Julgamentos do Controle Externo. Contabilidade Vista & Revista, [S. l.], v. 19, n. 4, p. 59-83, 2009. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/contabilidadevistaerevista/article/view/368. Acesso em: 9 ago. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)