A Cultura Organizacional como Mecanismo de Controle: o Caso da Adoção do Contrato de Gestão da Marinha do Brasil

Autores

  • Anderson Soares da Silva
  • Ana Carolina Pimentel Duarte da Fonseca

Palavras-chave:

Cultura Organizacional, Controle, Comportamento

Resumo

   A eficiência do Estado vem assumindo, cada vez mais, um papel de relevância dentro da nossa sociedade nos últimos anos. Assim, alguns temas, antes pouco prováveis, como Planejamento Estratégico e Controle Gerencial, assumem uma dimensão de realidade já no curto-prazo dentro da Administração Pública. Neste contexto, entra em cena o contrato de gestão, como um dos meios de substituir os controles formais por controles baseados em resultados. O presente artigo teve por objetivo central descrever como a ênfase dada ao fortalecimento da cultura organizacional baseada na qualidade atuou como mecanismo de controle por parte de uma Organização Militar Prestadora de Serviços da Marinha do Brasil, a partir da adoção do contrato de gestão. Para tanto, realizou-se um estudo de caso através da análise detalhada do desenho do sistema de controle gerencial da referida organização, com ênfase na perspectiva cultural. Por fim, foi possível depreender, dos resultados encontrados, que os diversos mecanismos de controle utilizados se basearam na identificação dos membros da organização com a cultura organizacional, contribuindo de forma significativa para o alcance das metas previstas no contrato de gestão, fato este que veio a confirmar o pensamento de Gomes e Salas (1999).

Downloads

Publicado

2009-05-12

Como Citar

DA SILVA, A. S.; DA FONSECA, A. C. P. D. A Cultura Organizacional como Mecanismo de Controle: o Caso da Adoção do Contrato de Gestão da Marinha do Brasil. Contabilidade Vista & Revista, [S. l.], v. 18, n. 3, p. 11-35, 2009. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/contabilidadevistaerevista/article/view/331. Acesso em: 16 jan. 2021.