NEUSA ROLITA CAVEDON E A RESISTÊNCIA À HOMOGENEIDADE NO PROCESSO DE PRODUÇÃO DE SABERES OU UM ESCRITO PARA AGRADECÊ-LA

  • Deise Luiza da Silva Ferraz Universidade Federal de Minas Gerais
Palavras-chave: Neusa Rolita Cavedon, Resistência, Produtivismo

Resumo

Este texto tem como objetivo homenagear uma grande mulher, intelectual, pesquisadora, professora e amiga, trata-se de um texto de agradecimento à Neusa Rolita Cavedon.

Biografia do Autor

Deise Luiza da Silva Ferraz, Universidade Federal de Minas Gerais
Doutora em Administração pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Professora Adjunta da Universidade Federal de Minas Gerais.

Referências

Bianchetti, Lucídio & Valle, Ione R. (2014). Produtivismo acadêmico e decorrências às condições de vida/trabalho de pesquisadores brasileiros e europeus. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, 22(82), 89-110.

Castilhos, Rodrigo B. & Cavedon, Neusa R. (2004). Mercado Público de Porto Alegre: um espaço organizacional dividido entre o sagrado e o profano. Revista Eletrônica de Administração, 10(1), 1-15.

Cavedon, Neusa R. (2017). O Departamento Médico-legal deveria ser bem tratado? O (não) reconhecimento na atividade dos servidores do Departamento Médico-legal. Revista Economia e Gestão, 17(46), 24-42.

Cavedon, Neusa R. (2014). As representações sociais circulantes no período de margem do ritual de passagem: o caso dos peritos criminais em estágio probatório. Revista de Administração Mackenzie, 15(2), 66-96.

Cavedon, Neusa R. (2011) Modos de enfrentamento da morte violenta: a atuação dos servidores do Departamento de Criminalística do Instituto-Geral de Perícias do Rio Grande do Sul. Revista de Administração Mackenzie, 12(4), 75-104.

Cavedon, Neusa R. (2005). Fotoetnografia: a união da fotografia com a etnografia no descortinamento dos não-ditos organizacionais. Organizações & Sociedade, 12(35), 13-27.

Cavedon, Neusa R. & Fachin, Roberto C. (2002). Homogeneidade versus heterogeneidade cultural: um estudo em uma universidade pública. Organizações & Sociedade, 9(25), 61-76.

Cavedon, Neusa R. & Ferraz, Deise L. S. (2005). Representações sociais e estratégias em pequenos negócios. RAE-Eletrônica , 4(1), 1-16.

Cavedon, Neusa R., Giordani, Caroline G., & Craide, Aline (2006). Mulheres trabalhando e administrando espaços de identidade masculina. RPA Brasil, 2(4), 5-20.

Cunha, Elcemir P. & Ferraz, Deise L. S.; (2015). Marxismo, estudos organizacionais e a luta contra o irracionalismo. Organizações & Sociedade, 22(73), 193-198.

Diniz, Guilherme A. & Moraes, Aline F. G. (2014) Do descredenciamento a reestruturação: o Programa de Pós-Graduação em Administração da UFPB e os PNPGs. Administração Pública e Gestão Social, 6(4), 195-203.

Ferraz, Deise L. S. (2019). Sequestro da subjetividade: revisitar o conceito e apreender o real. Revista Eletrônica de Administração, 25(1), 238-268.

Ferraz, Deise L. S. (2016). A administração de recursos humanos como conhecimento que constitui uma consciência de classe para o capital. Revista Brasileira de Administração Política, 9(2), 65-87.

Ferraz, Deise L. S., Chaves, Rossi H., & Ferraz, Janaynna M. (2018). Para além da epistemologia: reflexões necessárias para o desenvolvimento do conhecimento. Revista Eletrônica de Administração, 24(2), 1-30.

Ferraz, Deise L. S., Marucchi, Valéria, & Chamberlain, Daniele (2012). Modelo hélice tríplice: um mecanismo econômico e ideológico para concretizar os interesses do capital. Cadernos de Pesquisa Interdisciplinar em Ciências Humanas, 13(103), 115-145.

Ferraz, Janaynna M., Ferraz, Deise L. S., & Biondini, Barbara K. F. (2018). Em busca de uma educação para além do capital e a questão do ensino formal no Brasil. Revista Trabalho, Política e Sociedade, III(5), 181-204.

Guerra, Aline F (2019). "Morte e Vida Severina": o suicídio como possibilidade social. Tese de doutorado, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, Brasil.

Hofstede, Geert (1983). The cultural relativity of organizational practices and theories. Journal of International Business Studies, 14(2), 75-89.

Houaiss, Antônio; Villar, Mauro, & Franco, Francisco (2001). Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Objetiva.

Luz, Madel T. (2005) Prometeu acorrentado: análise sociológica da categoria produtividade e as condições atuais da vida acadêmica. PHYSIS – Revista de Saúde Coletiva, 15(1), 39-57.

Marucchi, Valéria (2011). Desdobramentos contraditórios das reestruturações no ensino superior: uma análise das reformas educacionais e o caso concreto do REUNI. Dissertação de mestrado, FAE Centro Universitário, Curitiba, Brasil.

Moura-Paula, Marcos J. & Ferraz, Deise L. S. (2015). Silêncio organizacional: introdução e crítica. Cadernos EBAPE.BR, 13(3), 516-529.

Zuin, Antônio & Bianchetti, Lucídio (2015) O produtivismo na era do “publique, apareça ou pereça”: um equilíbrio difícil e necessário. Cadernos de Pesquisa, 45(158), 726-750.

Publicado
2020-03-20
Seção
Homenagem a Neusa Rolita Cavedon